The Holy See
back up
Search
riga

PAPA BENTO XVI

REGINA CAELI

Domingo, 7 de Maio de 2006

Queridos irmãos e irmãs!

Neste quarto domingo de Páscoa, domingo do "Bom Pastor", no qual se celebra a Jornada Mundial de Oração pelas Vocações, tive a alegria de ordenar, na Basílica de São Pedro, 15 novos sacerdotes para a Diocese de Roma. Juntamente com eles, penso em quantos em todas as partes do mundo recebem a ordenação presbiteral neste período. Ao agradecermos ao Senhor o dom destes novos presbíteros ao serviço da Igreja, desejamos confiá-los todos a Maria, invocando ao mesmo tempo a sua intercessão para que aumente o número de quantos aceitam o convite de Cristo a segui-lo no caminho do sacerdócio e da vida consagrada.

Este ano o Dia Mundial de Oração pelas Vocações tem como tema: "A vocação no mistério da Igreja". Na Mensagem que enviei a toda a Comunidade eclesial para esta celebração, recordei a experiência dos primeiros discípulos de Jesus que, depois de o terem conhecido nas margens do lago e nas aldeias da Galileia, foram conquistados pelo seu fascínio e pelo seu amor. A vocação cristã é sempre a renovação desta amizade pessoal com Jesus Cristo, que dá pleno sentido à própria existência e a torna disponível para o Reino de Deus. A Igreja vive desta amizade, alimentada pela Palavra e pelos Sacramentos, realidades santas confiadas de modo particular ao ministério dos Bispos, dos Presbíteros e dos Diáconos, consagrados pelo sacramento da Ordem.

Eis por que como recordei na mesma Mensagem a missão do sacerdote é insubstituível, e mesmo se em algumas regiões se regista escassez de clero, não se deve duvidar de que Deus continua a chamar jovens, adolescentes e adultos a deixar tudo para se dedicar à pregação do Evangelho e ao ministério pastoral.

Outra forma especial de seguimento de Cristo é a vocação à vida consagrada, que se exprime numa existência pobre, casta e obediente, totalmente dedicada a Deus, na contemplação e na oração, e colocada ao serviço dos irmãos, especialmente dos pequenos e dos pobres. Depois, não nos esqueçamos de que também o matrimónio cristão é a pleno título vocação à santidade, e que o exemplo de pais santos é a primeira condição favorável para o florescimento das vocações sacerdotais e religiosas. Queridos irmãos e irmãs, invoquemos a intercessão de Maria, Mãe da Igreja, para os sacerdotes e para os religiosos e religiosas; rezemos também para que os germes de vocações que Deus semeia no coração dos fiéis cheguem à plena maturação e dêem frutos de santidade na Igreja e no mundo.

 

© Copyright 2006 - Libreria Editrice Vaticana

top