The Holy See
back up
Search
riga

VISITA PASTORAL A CAGLIARI

BENTO XVI

ANGELUS

Átrio do Santuário de Nossa Senhora de Bonária
Domingo, 7 de Setembro de 2008

 

Queridos irmãos e irmãs!

No final desta solene celebração eucarística desejo renovar a todos a minha saudação e o meu agradecimento. Sobretudo desejo saudar e agradecer pelo seu acolhimento e a sua presença ao Il.mo Silvio Berlusconi, Presidente do Conselho de Ministros; ao Il.mo Deputado Dr. Giovanni Letta, Subsecretário, e a todas as Autoridades civis e militares aqui presentes. E por fim dirijamos agora o nosso olhar para a "doce Rainha dos Sardos", venerada nesta colina de Bonária. Ao longo dos séculos, quantas personagens ilustres vieram aqui para lhe prestar homenagem! Quantos Predecessores meus a quiseram honrar com particular afecto! O beato Pio IX decretou a sua coroação; São Pio X, há cem anos, proclamou-a Padroeira de toda a Sardenha; Pio XI atribuiu à nova igreja o título de Basílica-Menor; Pio XII, há 50 anos, fez-se aqui espiritualmente presente com uma Mensagem especial transmitida em directa pela Rádio Vaticana e o beato João XXIII, em 1960, enviou uma carta para a reabertura do Santuário ao culto, depois do restauro. O primeiro Papa a voltar à Ilha depois de 1650 anos foi o Servo de Deus Paulo VI, que visitou o Santuário a 24 de Abril de 1970. E diante da sagrada efígie de Nossa Senhora, deteve-se em oração também o amado João Paulo II, a 20 de Outubro de 1985. Nas pegadas dos Papas que me precederam, também eu escolhi o Santuário de Bonária para realizar uma visita pastoral que quer abraçar idealmente toda a Sardenha.

A Maria renovamos hoje o acto de dedicação da cidade de Cágliari, da Sardenha e de todos os seus habitantes. Que a Virgem continue a vigiar sobre todos e sobre cada um, para que o património dos valores evangélicos seja transmitido íntegro às novas gerações, e para que Cristo reine nas famílias, nas comunidades e nos vários âmbitos da sociedade. Em particular, que Nossa Senhora proteja quantos, neste momento, mais necessitam da sua materna protecção:  as crianças e os jovens, os idosos e as famílias, os doentes e todos os que sofrem.

Conscientes do papel importante que Maria desempenha na existência de cada um de nós, como filhos devotos festejemos hoje o seu nascimento. Este acontecimento constitui uma etapa fundamental para a Família de Nazaré, berço da nossa redenção; um acontecimento que diz respeito a todos, porque cada dom que Deus lhe concedeu, à Mãe, concedeu-o pensando também em cada um de nós, seus filhos. Por isso, com imenso reconhecimento, pedimos a Maria, Mãe do Verbo encarnado e nossa Mãe, que proteja todas as mães terrenas:  as que, juntamente com o marido, educam os filhos num contexto familiar harmonioso, e as que, por muitos motivos, se encontram sozinhas a enfrentar uma tarefa tão difícil. Possam todas desempenhar com dedicação e fidelidade o seu serviço quotidiano na família, na Igreja e na sociedade. Para todas Nossa Senhora seja apoio, conforto e esperança!

Sob o olhar de Maria desejo recordar as queridas populações do Haiti, duramente provadas nos últimos dias pela passagem de três furacões. Rezo pelas vítimas, infelizmente numerosas, e pelos sem-casa. Estou próximo de toda a Nação e faço votos por que a ela cheguem o mais depressa possível as ajudas necessárias. Confio todos à protecção materna de Nossa Senhora de Bonária.

 

© Copyright 2008 - Libreria Editrice Vaticana

 

top