The Holy See
back up
Search
riga
PAPA BENTO XVI

REGINA CAELI

Praça de São Pedro
III Domingo de Páscoa, 26 de Abril de 2009

Ao prepararmo-nos para concluir esta solene celebração, desejo dirigir uma cordial saudação a todos vós, que quisestes vir pessoalmente prestar homenagem aos novos Santos. Expresso antes de tudo reconhecimento à Delegação do Governo Italiano e às outras autoridades civis, em particular aos Presidentes das Câmaras Municipais e aos Prefeitos das cidades dos quatro concidadãos elevados às honras dos altares. Saúdo a Delegação da Ordem de Malta. Com grande afecto agradeço aos numerosos peregrinos provenientes de muitas partes da Itália. Faço votos por que esta peregrinação, vivida no sinal da santidade e corroborado pela graça do Ano Paulino, possa ajudar cada um a "correr" com mais alegria e impulso para "a meta" final, para o "prémio que Deus nos chama a receber lá no alto, em Cristo Jesus" (cf. Fil 3,13-14).

Neste contexto apraz-me mencionar também a Jornada da Universidade Católica do Sagrado Coração, que se celebra hoje. A 50 anos após a morte do Fundador, Padre Agostino Gemelli, faço votos para que a Universidade Católica seja sempre fiel aos seus princípios inspiradores, para continuar a oferecer uma válida formação às jovens gerações.

Dirijo a minha saudação grata e deferente à Delegação oficial de Portugal e aos Bispos vindos para a canonização de Frei Nuno de Santa Maria, com todos os seus compatriotas que guardam no coração o testemunho do "Santo Condestável": deste modo lhe chamavam já os pobres do seu tempo, vendo o sentido de compaixão e o despojamento de quem deu os seus bens aos mais desfavorecidos. Deixou-nos assim uma nobre lição de renúncia e partilha, sem as quais será impossível chegar àquela igualdade fraterna característica duma sociedade moderna, que reconhece e trata a todos como membros da mesma e única família humana. Em particular saúdo os Carmelitas, a quem um dia se prendeu o olhar e o coração deste militar crente, vendo neles o hábito da Santíssima Virgem e no qual depois ele próprio se amortalhou. Ao desejar a abundância dos dons do Céu para todos os peregrinos e devotos de São Nuno, deixo-lhes este apelo: "Considerai o êxito da sua carreira e imitai a sua fé" (Hb 13, 7).

À Virgem Maria, que observou plenamente a palavra de Deus, de modo que o seu amor nela foi verdadeiramente perfeito (cf. 1 Jo 2, 5a), elevemos agora a nossa filial oração. Regina caeli...

© Copyright 2009 - Libreria Editrice Vaticana

top