The Holy See
back up
Search
riga

CARTA DE SUA SANTIDADE BENTO XVI
COM A QUAL SE ESTABELECEM AS INTENÇÕES
PARA O APOSTOLADO DA ORAÇÃO
DURANTE O ANO DE 2007

 

JANEIRO

Geral: para que na nossa época, infelizmente assinalada por não poucos episódios de violência, os Pastores da Igreja continuem a indicar ao coração de cada homem o caminho da paz e do entendimento entre os povos.
Missionária: a fim de que a Igreja na África se torne testemunha cada vez mais autêntica da Boa Notícia de Cristo, e se comprometa em cada nação na promoção da reconciliação e da paz.

FEVEREIRO

Geral: para que os bens da terra, concedidos por Deus para todos os homens, sejam utilizados com sabedoria e segundo critérios de justiça e de solidariedade.
Missionária: a fim de que a luta contra as enfermidades e as grandes epidemias no Terceiro Mundo encontre no espírito de solidariedade uma colaboração cada vez mais generosa por parte dos governos de todas as nações.

MARÇO

Geral: para que a Palavra de Deus seja cada vez mais ouvida, contemplada, amada e vivida.
Missionária: a fim de que uma preocupação constante dos responsáveis das jovens Igrejas seja a formação de catequistas, animadores e leigos comprometidos no serviço ao Evangelho.

ABRIL

Geral: para que, deixando-se iluminar e guiar pelo Espírito Santo, cada cristão responda com entusiasmo e fidelidade à vocação universal à santidade.
Missionária: a fim de que aumente o número de vocações sacerdotais e religiosas na América setentrional e nos países do Oceano Pacífico, para responder adequadamente às exigências pastorais e missionárias daquelas populações.

MAIO

Geral: para que, a exemplo da Virgem Maria, cada cristão, sempre atento aos sinais do Senhor na própria vida, se deixe guiar pela Palavra de Deus.
Missionária: a fim de que nos territórios de Missão não faltem formadores bons e iluminados nos Seminários maiores e nos Institutos de vida consagrada.

JUNHO

Geral: para que o Senhor proteja os marinheiros e todos aqueles que estão comprometidos em actividades marítimas.
Missionária: a fim de que a Igreja na América do Norte dê testemunho, com a sua presença e a sua obra, do amor de Deus por todos os indivídios e todos os povos.

JULHO

Geral: para que se torne possível para todos os cidadãos, individualmente e em grupos, participar de maneira concreta na vida e na gestão do Estado.
Missionária: a fim de que, conscientes do próprio dever missionário, todos os cristãos ajudem eficazmente quantos estão comprometidos na evangelização dos Povos.

AGOSTO

Geral: para que todos os que atravessam momentos de dificuldade interior e de provação, encontrem em Cristo a luz e o sustento que os levem a descobrir a felicidade autêntica.
Missionária: a fim de que a Igreja na China dê testemunho de uma coesão interna cada vez maior e possa manifestar a comunhão concreta e visível com o Sucessor de Pedro.

SETEMBRO

Geral: para que a assembleia ecuménica de Sibiu, na Roménia, possa contribuir para fazer crescer a unidade entre todos os cristãos, pela qual o Senhor rezou na última Ceia.
Missionária: a fim de que, aderindo com alegria a Cristo, todos os missionários e missionárias saibam ultrapassar as dificuldades que encontram na vida de cada dia.

OUTUBRO

Geral: para que os cristãos que se encontram em situação de minoria tenham a força e a coragem de viver a fé e perseverem no testemunho da mesma.
Missionária: a fim de que o Dia Missionário Mundial seja uma ocasião propícia para suscitar uma consciência missionária cada vez mais profunda em cada um dos baptizados.

NOVEMBRO

Geral: para que aqueles que se dedicam à investigação médica e quantos estão comprometidos na actividade legislativa nutram sempre um profundo respeito pela vida humana, desde o seu início até ao seu termo natural.
Missionária: a fim de que na Península Coreana aumente o espírito de reconciliação e de paz.

DEZEMBRO

Geral: para que a sociedade humana seja solícita no cuidado de todos aqueles que são atingidos pela sida, especialmente das crianças e das mulheres, e que a Igreja lhes faça sentir o amor do Senhor.
Missionária: a fim de que a encarnação do Filho de Deus, que no Natal a Igreja celebra solenemente, ajude os povos do Continente asiático a reconhecer em Jesus o Enviado de Deus, único Salvador do mundo.


Vaticano, 31 de Dezembro de 2005.

 

© Copyright 2005 - Libreria Editrice Vaticana

top