The Holy See
back up
Search
riga

CARTA DO PAPA BENTO XVI
POR OCASIÃO DO 80º ANIVERSÁRIO
DA ERECÇÃO DA PROVÍNCIA
ECLESIÁSTICA NA LITUÂNIA

 

Ao Venerado Irmão D. Sigitas Tamkevicius, S.I.
Arcebispo Metropolitano de Kaunas

Recebi com profundo prazer a carta com a qual Vossa Excelência Reverendíssima me informou acerca das iniciativas previstas para recordar o octogésimo aniversário da erecção da Província Eclesiástica e da criação da Arquidiocese de Kaunas. De facto, a 4 de Abril de 1926, o Papa Pio XI de venerável memória, com a Constituição apostólica Lituanorum gente, coroava o antigo desejo dos Bispos e dos fiéis lituanos, os quais em espírito de intensa comunhão com o Romano Pontífice, depois do renascimento do próprio Estado no final do primeiro conflito mundial, pediam para poder gozar de uma completa organização eclesiástica em terra lituana. Como não recordar, nesta feliz ocasião, todas as pessoas que cooperaram para a realização desta obra providencial com dedicação na vinha do Senhor para o bem do povo de Deus. Em primeiro lugar, o Beato Arcebispo Jurgis Matulatis, M.I.C., Visitador Apostólico na Lituânia, e o Cardeal Vincentas Sladkevicius, M.I.C., Arcebispo Metropolitano de kaunas, de venerável memória, os quais foram nas mãos de Deus instrumentos de reconciliação e de equilíbrio, graças também ao exemplo de pessoal santidade no cumprimento do próprio ministério pastoral.

São muito conhecidas as provas que o Povo lituano teve que enfrentar durante os oito decénios transcorridos. A Província Eclesiástica, jovem em idade mas já rica e florescente de vitalidade apostólica, sofreu os golpes da dura perseguição soviética, contrária aos valores da fé católica profundamente radicados em grande parte da população lituana. Graças à ajuda de Deus que nunca faltou, os anos da prova viram florescer um verdadeiro jardim de testemunhas e de mártires da fé. Tendo caído a ditadura comunista, o Povo lituano readquiriu a própria liberdade e inseriu-se cada vez mais profundamente na família das Nações, levando-lhes o contributo do seu património de valores. A liberdade reencontrada juntamente com os novos desafios para a Igreja evidenciaram a necessidade da reorganização da Província Eclesiástica. Isto foi providenciado com a constituição da nova Província Eclesiástica de Vilnius por obra do meu Predecessor, o Servo de Deus João Paulo II.

Na feliz circunstância aniversária que se está a celebrar apraz-me dirigir o olhar para as novas exigências da vida actual, que exige também dos católicos lituanos um testemunho forte e maduro dos valores humanos e cristãos herdados dos padres. Como testemunham as lições da história passada e recente, o mau uso da liberdade leva ao esvaziamento e à ruína do rosto autentico do homem, criado à imagem e semelhança de Deus. Faço votos por que os católicos da Lituânia e, de modo particular, os fiéis da província Eclesiástica de Kaunas, saibam corresponder cada vez melhor ao amor paterno de Deus, do qual falei na minha primeira Encíclica. A autenticidade da vida crista manifesta-se e certifica-se no testemunho da caridade laboriosa para com todos, com base na certeza intima de que Deus é amor. É este o anúncio perene da Igreja de Cristo, constituída no mundo para iluminar as consciências e para as guiar ao conhecimento do sentido mais profundo da vida humana e crista.

Uno-me de bom grado à gratidão espiritual da Igreja de Kaunas, que eleva a Deus o seu louvor pelos dons recebidos durante os oito decénios transcorridos e invoco a intercessão da Mãe de Deus, venerada nos Santuários da terra lituana e de modo especial no Santuário de Siluva. Queira Deus, com a benevolência da Virgem Imaculada, derramar a abundância dos seus favores espirituais sobre os fiéis da mencionada Província Eclesiástica e sobre os que se reuniram na Basílica de Kaunas por ocasião da jubilosa celebração. Com estes votos, concedo de coração a Vossa Excelência Reverendíssima, Venerado Irmão, ao clero, aos religiosos e às religiosas, às pessoas consagradas e a todos os fiéis a implorada Bênção Apostólica, que de bom grado faço extensiva aos Bispos, aos sacerdotes e aos fiéis das actuais dioceses sufragâneas de Siauliai, de Telsiai e de Vilkaviskis.

Vaticano, 23 de Junho de 2006, Solenidade do Sacratíssimo Coração de Jesus.

PAPA BENTO XVI

 

© Copyright 2006 - Libreria Editrice Vaticana

top