The Holy See
back up
Search
riga
CARTA DO PAPA BENTO XVI
ÀS CRIANÇAS AUSTRÍACAS QUE PARTICIPAM
DA PONTIFÍCIA OBRA DA INFÂNCIA MISSIONÁRIA

Queridas crianças!

Estou feliz por poder dirigir-me particularmente a vós, que participais activamente nas iniciativas da Pontifícia Obra da Infância Missionária, por ocasião da minha visita apostólica à Áustria.

Agradeço-vos de coração as cartinhas e os desenhos que quisestes dar-me como sinal do vosso afecto e da vossa proximidade à minha missão. Neles estão expressos os sentimentos de fé e de amor pelos quais Jesus amava tanto os pequeninos e os acolhia de braços abertos, citando-os como exemplo para os seus discípulos, dizendo: "O Reino de Deus pertence aos que são como eles" (Mc 10, 14).

Desejo dizer-vos que aprecio o vosso empenho na Infância Missionária. Vejo em vós pequenos colaboradores ao serviço que o Papa realiza à Igreja e ao mundo: vós dais-me apoio com a vossa oração e também com o vosso empenho de difundir o Evangelho. Com efeito, há muitas crianças que ainda não conhecem Jesus. E, infelizmente, há de igual modo outras que não têm o necessário para viver: desde alimentos, cuidados médicos, instrução; muitas não têm sequer paz e serenidade.

A Igreja reserva a elas uma atenção especial, particularmente mediante os missionários; e também vós sentistes-vos chamados para oferecer a vossa contribuição, quer pessoal quer em grupo. A amizade com Jesus é um dom tão bonito que não se pode ter só para si! Quem recebe este dom sente a necessidade de o transmitir aos outros; e deste modo o dom, partilhado, não diminui mas multiplica! Continuai assim! Vós estais crescendo e depressa vos tornareis adolescentes e jovens: não percais o vosso espírito missionário! Mantende uma fé sempre límpida e genuína, como a de São Pedro.

Queridos pequenos amigos, confio-vos à protecção de Nossa Senhora. Rezo por vós, pelos vossos pais e irmãos. Rezo pelos vossos grupos missionários e pelos vossos educadores, e a todos concedo de coração a Bênção Apostólica.

Castel Gandolfo, 3 de Setembro de 2007.

BENEDICTUS PP. XVI

© Copyright 2007 - Libreria Editrice Vaticana

top