The Holy See
back up
Search
riga
CARTA DO PAPA BENTO XVI
AOS JOVENS DA ILHA DE FRANÇA
REUNIDOS EM LOURDES NO CENTENÁRIO
DO "FRAT" ("FRATERNEL")

 

Ao Senhor Cardeal ANDRÉ VINGT-TROIS
Arcebispo de Paris
Presidente da Conferência Episcopal Francesa

Aos jovens reunidos em Lourdes, de 22 a 27 de Abril, por ocasião do centenário do "Frat", organizado pelas dioceses da Ilha de França.

Amados jovens!

Indo à cidade mariana de Lourdes, neste ano jubilar no qual se celebra o 150º aniversário das aparições da Virgem Maria à jovem Bernadete, vós participais na acção de graças de toda a Igreja pela mensagem que a Virgem confiou a Bernadete. Com palavras simples, a Mãe de Cristo indica o caminho da renovação espiritual através da chamada à conversão e ao amor pela Igreja.

Neste lugar, a Virgem veio visitar Bernadete. Durante a vossa peregrinação a Lourdes, recebei esta visitação de Maria que nos confia hoje as palavras que lhe foram ditas pelo anjo da parte do Senhor: "Não tenhas receio, Maria, pois achaste graça diante de Deus" (Lc 1, 30).

De facto, pela sua graça, Cristo torna-vos dignos da sua confiança e deseja que possais realizar os vossos sonhos mais nobres e mais elevados de bem-estar autêntico. Este bem-estar é antes de tudo um dom de Deus, que se recebe orientando os caminhos inesperados da sua vontade. Alguns caminhos são exigentes mas são também fonte de profunda alegria. Olhai para Maria: convidada para empreender um caminho surpreendente e desconcertante, a sua disponibilidade faz com que ela entre numa alegria que todas as gerações cantarão. Eis o segredo que ela transmite a Isabel, a sua prima, quando a vai visitar e ajudar: "A minha alma glorifica ao Senhor e o meu espírito exulta de alegria em Deus, meu Salvador. Porque olhou para a humilde condição da Sua Serva... fez-me grandes coisas o Omnipotente" (Lc 1, 47-48). Por vossa vez aceitai deixar-vos guiar para que o Senhor faça algo de grandioso com a vossa humilde vida.

É o nosso "sim" humilde a Deus que faz brotar a fonte do verdadeiro bem-estar. Este "sim" liberta o eu de tudo o que o aprisiona nele mesmo. Faz entrar a pobreza da nossa vida na riqueza e na força do projecto de Deus, sem contudo impedir a nossa liberdade e a nossa responsabilidade. Abre o nosso coração estreito às dimensões da caridade divina, que são universais. Conforma a nossa vida com a própria vida de Cristo, que nos marcou durante o nosso Baptismo.

Queridos jovens, encorajo-vos nestes dias a celebrar com entusiasmo a alegria de crer, de amar e de esperar em Cristo, e a percorrer com confiança o caminho de iniciação que vos é proposto. Convido-vos, em particular, a ouvir com atenção o testemunho de quantos têm mais experiência do que vós na fé e a aprender a acolher, no silêncio e na meditação, a Palavra de Deus, para que ela possa modelar o vosso coração e dar em vós frutos generosos. De facto, o Senhor tem algo a dizer a cada um de vós. Não receeis ouvi-lo. Neste espírito o "Frat" é também um tempo privilegiado para se deixar interrogar por Cristo: "O que queres fazer da tua vida?". Quantos entre vós sentem a chamada a segui-lo no sacerdócio ou na vida consagrada, a exemplo de numerosos jovens que participaram no "Frat", aceitem o convite do Senhor, para se colocarem totalmente ao serviço da Igreja, numa vida completamente doada pelo Reino dos Céus. Não sereis desiludidos.

Por fim, desejo dar graças ao Senhor por todas as pessoas, sacerdotes, religiosos, religiosas e leigos que, formando uma imensa cadeia, contribuíram durante um século a fazer desta peregrinação um momento importante na vida de um grande número de jovens cristãos.

Queridos jovens, confio cada um de vós à intercessão materna de Nossa Senhora de Lourdes e de Santa Bernadete. A vós, jovens, aos Bispos que são os pastores das vossas dioceses da Ilha de França, aos vossos capelães, aos leigos, que vos acompanham e que dão testemunho com alegria e simplicidade da sua fé entre vós, concedo de coração a Bênção Apostólica.

Vaticano, 12 de Abril de 2008.

BENEDICTUS XVI

© Copyright 2008 - Libreria Editrice Vaticana

top