The Holy See
back up
Search
riga

MENSAGEM DO PAPA BENTO XVI
AOS JOVENS DA HOLANDA POR OCASIÃO
DA PRIMEIRA JORNADA NACIONAL
DA JUVENTUDE CATÓLICA

 

Caros jovens amigos

Desejo enviar a minha cordial saudação a todos vós, reunidos em Nieuwegein para a primeira Jornada Nacional dos jovens católicos da Holanda. Saúdo o Cardeal Adriano Simonis, Arcebispo de Utreque e Presidente da Conferência Episcopal, e todos os Bispos holandeses, exprimindo grande apreço pela realização desta feliz iniciativa. Também gostaria de agradecer ao Werkgroep Katholieke Jongeren o copioso empenho nestes anos e aos sacerdotes e leigos empenhados na pastoral juvenil, que vos acompanham na vossa reflexão. Através dessa mensagem, queridos jovens, desejo tornar-me espiritualmente presente no meio de vós e garantir-vos que vos acompanho na oração. Sei que muitos de vós participaram no encontro mundial de Colónia e para mim é motivo de grande alegria o facto de que agora quereis prosseguir a experiência iniciada com a Jornada Mundial da Juventude, envolvendo outros vossos coetâneos que não tiveram a graça de participar nela. Realizar este encontro a convite dos vossos Bispos é um sinal maravilhoso para a sociedade holandesa: está a indicar que vós não tendes medo de dizer que sois cristãos e quereis testemunhá-lo abertamente.

De facto, a razão mais profunda da vossa reunião é encontrar o Senhor Jesus Cristo. Assim foi para quem participou na recente Jornada Mundial da Juventude, que tinha como tema: "Viemos adorá-lo" (Mt 2, 2). Nas pegadas dos Magos, animados pelo desejo de buscar a verdade, jovens de todas as partes do mundo marcaram encontro em Colónia para procurar e adorar o Deus feito Homem e, depois, transformados pelo encontro com Ele e iluminados pela sua presença, voltaram aos seus países, como os Magos, "por outra estrada" (cf. Mt 2, 12). Também vós retornastes à Holanda desejosos de comunicar a todos a riqueza da experiência vivida e hoje quereis compartilhá-la com os vossos coetâneos. Queridos amigos, Jesus é o vosso verdadeiro amigo e Senhor, entrai num relacionamento de autêntica amizade com Ele! Ele espera-vos e somente nele encontrareis a felicidade. Como é fácil contentar-se com os prazeres superficiais que a existência quotidiana nos oferece; como é fácil viver só para si mesmo, aparentemente gozando a vida! Mas, antes ou depois, percebe-se que não se trata de felicidade verdadeira, porque esta é muito mais profunda: encontramo-la somente em Jesus. Como disse em Colónia, "a felicidade que procurais, a felicidade que tendes o direito de saborear tem um nome, um rosto: o de Jesus de Nazaré" (18 de Agosto de 2005, Discurso no cais de Poller Rheinwiesen).

Por isso, convido-vos a procurar o Senhor todos os dias, ele deseja apenas que sejais realmente felizes. Tende com Ele uma relação intensa e constante na oração e, na medida do possível, buscai momentos propícios na vossa jornada para permanecer exclusivamente na sua companhia. Se não souberdes como rezar, pedi que seja Ele mesmo quem vos ensine e solicitai à sua Mãe celeste que reze convosco e por vós. A recitação do Rosário pode ajudar-vos a aprender a arte da oração com a simplicidade e a profundidade de Maria. É importante que no coração da vossa vida esteja a participação na Eucaristia, na qual Jesus se doa a si mesmo por nós. Ele, que morreu pelos pecados de todos, deseja entrar em comunhão com cada um de vós, bate à porta do vosso coração para vos doar a sua graça. Ide ao encontro com Ele na Sagrada Eucaristia, ide adorá-lo nas igrejas e permenecei ajoelhados diante do Tabernáculo: Jesus cumular-vos-á com o seu amor e manifestar-vos-á os pensamentos do seu Coração. Se vos colocardes à escuta, experimentareis de maneira cada vez mais profunda a alegria de fazer parte do seu Corpo místico, a Igreja, que é a família dos seus discípulos estreitos pelo vínculo da unidade e do amor. Além disso, aprendereis, como diz o apóstolo Paulo, a deixar-vos reconciliar com Deus (cf. 2 Cor 5, 20). No sacramento da Reconciliação, especialmente, Jesus espera-vos para perdoar os vossos pecados e para vos reconciliar com o seu amor através do ministério do sacerdote. Ao confessar com humildade e verdade os pecados recebereis o perdão de Deus mediante as palavras do seu ministro. Que grande oportunidade nos deu o Senhor com este Sacramento para nos renovarmos interiormente e progredirmos na nossa vida cristã! Aconselho-vos, fazei dele constantemente bom uso!

Queridos amigos, como vos dizia, se seguirdes Jesus nunca vos sentireis sozinhos porque fazeis parte da Igreja, que é uma grande família na qual podeis crescer na amizade verdadeira com muitos irmãos e irmãs na fé, dispersos no mundo inteiro. Jesus precisa de vós para "renovar" a sociedade actual. Preocupai-vos em crescer no conhecimento da fé para serdes suas autênticas testemunhas.

Dedicai-vos a compreender cada vez mais a Doutrina Católica: embora para os olhos do mundo possa parecer uma mensagem não fácil de ser aceite, nela encontra-se uma resposta satisfatória para as vossas interrogações. Tende confiança nos Pastores que vos guiam, Bispos e sacerdotes; inseri-vos activamente nas paróquias, nos movimentos, associações e comunidades eclesiais, a fim de experimentardes juntos a alegria de ser discípulos de Cristo, que anuncia e doa a verdade e o amor. E, precisamente impulsionados pela sua verdade e o seu amor, juntamente com outros jovens que procuram o sentido autêntico da vida, podereis construir um futuro melhor para todos.

Queridos amigos, estou próximo de vós com a oração a fim de que possais acolher generosamente a chamada do Senhor, que vos mostra grandes ideais capazes de tornar a vossa vida bela e plena de alegria. Tende a certeza: somente respondendo positivamente ao seu apelo, mesmo que possa parecer-vos exigente, é possível encontrar a felicidade e a paz do coração. A Virgem Maria vos acompanhe neste itinerário de compromisso cristão e vos ajude em todos os vossos bons propósitos. Com estes sentimentos, concedo de coração uma especial Bênção Apostólica a todos vós reunidos em Nieuwegein, como também àqueles que com amor e sabedoria vos acompanham no vosso caminho de crescimento humano e espiritual.

Vaticano, 21 de Novembro de 2005.

PAPA BENTO XVI

 

© Copyright 2005 - Libreria Editrice Vaticana

top