The Holy See
back up
Search
riga
MENSAGEM DO PAPA BENTO XVI
AO ARCEBISPO DE L'AQUILA
POR OCASIÃO DO FUNERAL
DAS VÍTIMAS DO TERRAMOTO

Ao Caríssimo Arcebispo D. Giuseppe Molinari
e a todos vós caríssimos irmãos e irmãs no Senhor

Nestas horas dramáticas nas quais uma imane tragédia atingiu esta terra, sinto-me espiritualmente presente entre vós para partilhar a vossa angústia, implorar de Deus o repouso eterno pelas vítimas, o imediato restabelecimento para os feridos, para todos a coragem de continuar a ter esperança sem ceder ao desconforto. Pedi ao meu Secretário de Estado para presidir a esta celebração litúrgica extraordinária na qual a comunidade cristã se estreitará em volta dos próprios defuntos para lhes dar a última saudação. Confio a ele e ao meu secretário particular, a tarefa de levar pessoalmente as expressões da minha amargurada participação no luto de quantos choram os seus queridos levados pela desgraça.

Em momentos como estes, a fé permanece fonte de luz e de esperança, a qual precisamente nestes dias nos fala do sofrimento do Filho de Deus que se fez homem por nós: a sua paixão, morte e ressurreição sejam para todos fonte de conforto e abram o coração de cada um à contemplação daquela vida na qual "nunca mais haverá morte, nem luto, nem clamor, nem dor, porque as coisasdeantes passaram" (Ap 21, 4).

Tenho a certeza de que com o empenho de todos se pode enfrentar as necessidades mais urgentes. A violência do sismo criou situações de singular dificuldade. Segui o andamento do devastador fenómeno telúrico desde o primeiro tremor de terra, que se sentiu também no Vaticano, e vi com agrado o manifestar-se de uma onda crescente de solidariedade, graças à qual se foram organizando os primeiros socorros, em vista de uma acção cada vez mais incisiva quer do Estado quer das instituições eclesiais, como também das pessoas individualmente.

A Santa Sé pretende fazer a sua parte, juntamente com as paróquias, os institutos religiosos e as agregações laicais. Este é o momento do compromisso, em sintonia com os organismos do Estado, que já estão a agir de modo louvável. Só a solidariedade pode ajudar a superar provações tão dolorosas.

Confio à Virgem Santa as pessoas e as famílias atingidas por esta tragédia e, através da sua materna intercessão, peço ao Senhor que enxugue todas as lágrimas e cure todas as feridas, e envio a cada um uma especial e confortadora Bênção Apostólica.

Vaticano, 9 de Abril de 2009.

BENTO PP. XVI

© Copyright 2009 - Libreria Editrice Vaticana

top