The Holy See
back up
Search
riga

DISCURSO DO PAPA BENTO XVI
AO CARDEAL DECANO E AOS ARCEBISPOS
METROPOLITANOS QUE RECEBERAM
O PÁLIO NO DIA DOS SANTOS PEDRO E PAULO

30 de Junho de 2005

 

Caros e venerados Irmãos
no Episcopado

Depois da celebração litúrgica de ontem, solenidade dos Apóstolos Pedro e Paulo, para mim é uma grande alegria encontrar-me de novo convosco hoje de manhã, juntamente com os vossos familiares e com os fiéis das vossas dioceses, que vos acompanharam na peregrinação ao Túmulo do Príncipe dos Apóstolos para receber o Pálio. Esta antiga tradição, que remonta ao século XI, constitui um significativo testemunho de comunhão dos Bispos Metropolitanos com o Pastor da Igreja de Roma. Com efeito, vós vindes de diversas nações e continentes, e sois chamados a servir a única Igreja de Cristo: transmito a minha saudação fraterna e cordial a cada um de vós.

Albânia, Itália e Turquia

Em primeiro lugar, dirijo-me ao Senhor Cardeal Angelo Sodano, a quem foi imposto o Pálio porque é Decano do Colégio Cardinalício e, enquanto lhe agradeço a colaboração que há muitos anos tem oferecido ao Sucessor de Pedro, estendo o meu pensamento a todos os membros do Colégio dos Cardeais, grato pelo sustento e pela oração com que têm acompanhado o meu serviço de Pastor da Igreja universal. Além disso, saúdo D. Bruno Forte, Arcebispo de Chieti-Vasto, D. Salvatore Nunnari, Arcebispo de Cosenza e D. Paolo Mário Atzei, Arcebispo de Sássari. Saúdo também D. Rrok Mirdita, Arcebispo de Tirana na Albânia, e D. Ruggero Franceschini, Arcebispo de Esmirna, na Turquia. Prezados Irmãos, sede sempre solícitos pela grei de Cristo que vos foi confiada. Com o exemplo e as palavras, sede para todos guias sólidos e seguros. E vós, amados amigos que os acompanhais, segui com docilidade os seus ensinamentos, cooperando com eles generosamente para a realização do Reino de Deus.

Benim, França e Vietname

Sinto-me feliz por saudar D. André Vingt-Trois, Arcebispo de Paris, D. Bernard-Nicolas Aubertin, Arcebispo de Tours, D. Joseph Ngo Quang Kiet, Arcebispo de Hanói e D. Marcel Honorat Léon Agboton, Arcebispo de Cotonu, sobre os quais impus o Pálio ontem, em sinal particular de comunhão com a Sé Apostólica. Possa o exemplo dos Santos Apóstolos Pedro e Paulo, servidores da comunhão até à entrega de si mesmos, orientar a vossa acção pastoral ao serviço do Povo de Deus que vos foi confiado! Saúdo igualmente os membros das vossas famílias e das delegações das vossas diocesanas, que vos acompanharam até Roma. A todos, concedo do íntimo do coração uma particular Bênção Apostólica.

Canadá, Estados Unidos, Filipinas, Gana, Índia, Namíbia, Nova Zelândia e Quénia

Queridos amigos em Cristo, faço extensiva a uma cordial saudação aos Arcebispos Metropolitanos de expressão inglesa, sobre os quais pude impor o Pálio ontem: D. Bernard Blasius Moras, Arcebispo de Bangalore, D. Malayappan Chinnappa, Arcebispo de Madrasta e Mylapore, ambos da Índia, D. Ernesto Antolin Salgado, Arcebispo de Nova Segóvia, nas Filipinas, D. Wilton Gregory, Arcebispo de Atlanta, D. José Horácio Gomez, Arcebispo de Santo António, D. Joseph Fiorenza, Arcebispo de Galveston-Houston, D. Joseph Naumann, Arcebispo de Kansas City, todos nos Estados Unidos da América, D. Daniel Bohan, Arcebispo de Regina, no Canadá, D. Liborius Ndumbukuti Nashenda, Arcebispo de Windhoek, na Namíbia, D. Boniface Lele, Arcebispo de Mobasa, no Quénia, D. Gabriel Charles Palmer-Buckle, Arcebispo de Acra, em Gana, e D. John Atcherly Dew, Arcebispo de Wellington, na Nova Zelândia.

Dou também as boas-vindas aos seus familiares e amigos, bem como aos fiéis das respectivas Arquidioceses, que os acompanharam até Roma. Caros amigos, que a vossa peregrinação aos Túmulos dos Santos Pedro e Paulo vos confirme na fé católica, que promana dos Apóstolos. Concedo-vos a todos a minha Bênção Apostólica, como penhor de alegria e de paz no Senhor.

Chile, Colômbia, Espanha, Nicarágua e Peru

Saúdo com afecto os Arcebispos de língua espanhola e quantos os acompanharam na significativa cerimónia da imposição do Pálio. Refiro-me a D. Jaume Pujol Balcells, Arcebispo de Tarragona, D. Octávio Ruiz Arenas, Arcebispo de Villavicencio, D. Santiago García Aracil, Arcebispo de de Mérida-Badajoz, D. Pedro Ricardo Barreto Jimeno, Arcebispo de Huancayo, D. Pablo Lizama Riquelme, Arcebispo de Antofagasta, D. Leopoldo Brenes Solórzano, Arcebispo de Manágua, e D. Manuel Ureña Pastor, Arcebispo de Saragoça. Vários países deste amplo sector linguístico contam com os seus novos Arcebispo Metropolitanos, que têm a missão especial de fomentar estreitos vínculos de comunhão com o Sucessor de Pedro e entre as suas Dioceses sufragâneas.

A quem os acompanham, peço que os acompanhem de perto com a oração e com a colaboração generosa, a fim de que incutam esperança nos jovens, e amor e fidelidade nas famílias, fomentando um espírito fraterno na convivência social. Peço à Virgem Maria, tão venerada nas vossas terras Chile, Colômbia, Espanha, Nicarágua e Peru que alente o ministério dos Arcebispos e acompanhe com ternura os presbíteros, as comunidades religiosas e os fiéis das respectivas Arquidioceses. Transmiti a todos a minha carinhosa saudação e a minha Bênção Apostólica.

Brasil

A Igreja no Brasil alegra-se hoje, pois as Sedes arquiepiscopais de Maringá, de Belém do Pará e de Sorocaba estão em festa com a imposição do Pálio aos seus novos Arcebispos, respectivamente Dom Anuar Battisti, Dom Orani João Tempesta e Dom Eduardo Benes de Sales Rodrigues, que hoje estão acompanhados pelos seus familiares, sacerdotes e fiéis das suas Arquidioceses. Por isso, saúdo com afecto as vossas Igrejas particulares e faço votos por que esta significativa celebração ajude a reforçar a unidade e a comunhão com a Sé Apostólica, e estimule uma generosa dedicação pastoral dos seus Bispos, para o crescimento da Igreja e a salvação das almas.

Polónia

Saúdo o Arcebispo Stanislaw Dziwisz e os seus hóspedes. Agradeço-lhe tudo aquilo que fez por João paulo II e por mim pessoalmente. Invoco a ajuda de Deus para a sua nova missão. Deus abençoe todos os presentes.

Venerados e caros irmãos, agradeço-vos uma vez mais esta agradável visita e o trabalho apostólico que estais a desempenhar. Enquanto vos preparais para regressar às vossas respectivas dioceses, gostaria de assegurar-vos que permaneço unido a vós com o afecto e a oração; ao mesmo tempo, peço-vos que continueis a caminhar juntos, unidos pelos mesmos sentimentos de concórdia e de amor a Cristo e à sua Igreja. Com estes sentimentos, concedo-vos de bom grado, a vós aqui presentes e às vossas Comunidades arquidiocesanas a Bênção Apostólica, invocando sobre cada um de vós a salvaguarda da celestial Mãe do Senhor e a assistência constante dos Apóstolos Pedro e Paulo.

 

© Copyright 2005 - Libreria Editrice Vaticana

top