The Holy See
back up
Search
riga

DISCURSO DO PAPA BENTO XVI
 À COMUNIDADE MUNICIPAL
DE CASTEL GANDOLFO

Segunda-feira, 26 de Outubro de 2005

 

Queridos irmãos e irmãs

A minha permanência aqui, em Castel Gandolfo, está a chegar ao fim. Antes de regressar ao Vaticano, sinto a necessidade de expressar a minha gratidão àqueles que, durante estes meses de Verão, me ouviram e se comprometeram para me assegurar uma estadia tranquila. Portanto, sinto-me feliz por me encontrar convosco  e  saúdo-vos  a todos com afecto.

Em primeiro lugar, desejo transmitir a minha cordial saudação à comunidade cristã de Castel Gandolfo e a toda a Diocese de Albano, que precisamente nestes dias está a celebrar o seu Congresso diocesano. Saúdo de modo particular o Bispo, D. Marcello Semeraro, o Pároco de Castel Gandolfo e as Comunidades religiosas masculinas e femininas. Formulo votos por que todos trabalhem sempre unidos, para difundir em toda a parte o amor e a alegria de Cristo.

Além disso, saúdo o Senhor Presidente da Câmara Municipal e agradeço-lhe a amabilidade que me quis demonstrar, assim como os sentimentos que me manifestou, também em nome da Administração e do Conselho municipal. A minha saudação faz-se extensiva à Comunidade da Cidade, que senti muito próxima de mim neste período. Ela é sempre generosa para com os peregrinos que, como nos anos precedentes com o amado João Paulo II, também neste Verão vieram visitar o Papa em grande número. A tradicional hospitalidade dos habitantes de Castel Gandolfo é bem conhecida. Obrigado!

Dirijo o meu grato pensamento inclusive aos médicos e aos agentes dos vários Serviços do Governatorato. Depois, saúdo os funcionários e os agentes das Forças da Ordem italianas que, em colaboração com a Gendarmaria Vaticana e com a Pontifícia Guarda Suíça, me garantiram, bem como aos meus colaboradores, uma permanência tranquila e segura nesta bonita localidade. Manifesto a cada um a minha estima e o meu apreço, enquanto me recordo com afecto das suas famílias e dos seus entes queridos.

Prezados amigos, antes de me despedir, asseguro-vos que continuarei a rezar ao Senhor para que vos abençoe, assim como os vossos familiares, o vosso trabalho, os projectos e as expectativas de toda a Comunidade de Castel Gandolfo. Sobre todos e cada um de vós, invoco a protecção materna de Maria. Com estes sentimentos, concedo-vos a todos, bem como a quantos vós representais, a Bênção Apostólica como sinal da minha benevolência constante.

 

© Copyright 2005 - Libreria Editrice Vaticana

 

top