The Holy See
back up
Search
riga

DISCURSO DO PAPA BENTO XVI
AO CONSELHO DE ADMINISTRAÇÃO
DA "FUNDAÇÃO JOÃO PAULO II PARA O SAHEL"

Segunda-feira, 20 de Fevereiro de 2006

Queridos amigos da Fundação
João Paulo II para o Sahel

Estou feliz por vos acolher a vós e a todos os que colaboram com as diversas actividades da Fundação, e saúdo em particular D. Jean-Pierre Bassène, Bispo de Kolda no Senegal, Presidente do Conselho de Administração.

A Fundação João Paulo II para o Sahel nasceu da solidariedade dos fiéis, especialmente da Alemanha, que responderam com generosidade ao apelo de Uagadugu, lançado pelo meu Venerado Predecessor a favor dos povos do Sahel, que então tinham de enfrentar as consequências de uma dramática estiagem. Confiada à responsabilidade dos Bispos dos países envolvidos na luta contra a desertificação dessa região da África, a Fundação desenvolveu-se plenamente como uma obra de Igreja, mostrando, através de numerosíssimos projectos apoiados e postos em acção há mais de vinte anos, que o amor pelo próximo, que é tarefa de cada fiel mas também da inteira comunidade eclesial (cf. Deus caritas est, 20), deve exprimir-se através de gestos concretos. Encorajo-vos a prosseguir com determinação, graças aoapoioactivo do Pontifício Conselho "Cor Unum", esta obra de fraternidade cristã, que é um serviço ao homem na sua totalidade e que contribui também para o diálogo inter-religioso e para a revelação do amor de Deus pelos habitantes dessa terra. É, portanto, parte integrante da acção evangelizadora.

Ao confiar-vos à intercessão da Virgem Maria, Rainha da África, concedo de todo coração a vós, a todos os colaboradores da Fundação e aos povos do Sahel, uma particular e afectuosa Bênção Apostólica.

© Copyright 2006 - Libreria Editrice Vaticana

top