The Holy See
back up
Search
riga

DISCURSO DO PAPA BENTO XVI
À COMUNIDADE DO ALMO COLÉGIO
CAPRÂNICA DE ROMA

Sexta-feira, 20 de Janeiro de 2006

Senhor Cardeal
Venerados Irmãos
no Episcopado e no Presbiterado
Dilectos Alunos
do Almo Colégio Caprânica

É-me grato acolher-vos nesta Audiência especial, na vigília da memória litúrgica de Santa Inês, vossa Padroeira celestial. Encontro-me convosco pela primeira vez, depois da minha eleição à Cátedra do Apóstolo Pedro, e de bom grado aproveito o ensejo para dirigir uma cordial saudação a todos vós. Desejo saudar, em primeiro lugar, o Cardeal Camillo Ruini e os demais Prelados, que fazem parte da Comissão Episcopal anteposta ao vosso Colégio; saúdo o Reitor, Mons. Ermenegildo Manicardi, e os outros formadores; saúdo-vos a vós, queridos jovens, que vos preparais para exercer o ministério sacerdotal. Vós encontrais-vos num período muito importante da vossa vida, num momento propício para o crescimento humano, cultural e espiritual.
Amados jovens, na organização do Colégio, tudo vos ajuda a preparar-vos oportunamente para a futura missão pastoral: a oração, o recolhimento, o estudo, a vida comunitária e o apoio aos formadores. Podeis beneficiar do facto de que o vosso Seminário, rico de história, se encontra inserido na vida da Diocese de Roma, e que o compromisso e o orgulho da família capranicense consistiu sempre em alimentar um forte vínculo de fidelidade ao Bispo de Roma. A possibilidade de frequentar os estudos teológicos nesta nossa Cidade oferece-vos, também a vós, uma singular oportunidade de crescimento e de abertura às exigências da Igreja universal. Durante estes anos, tendes a preocupação de valorizar cada ocasião para dar testemunho eficaz do Evangelho no meio dos homens do nosso tempo.

Para corresponder às expectativas da sociedade moderna, para cooperar na vasta acção evangelizadora que compromete todos os cristãos, são necessários sacerdotes preparados e corajosos que, sem ambições nem temores, mas persuadidos da Verdade evangélica, se preocupem em primeiro lugar por anunciar Cristo e, em seu nome, estejam prontos a debruçar-se sobre os sofrimentos humanos, fazendo experimentar o conforto do amor de Deus e o calor da família eclesial a todos, sobretudo aos pobres e a quantos vivem em situações de dificuldade.

Como bem sabeis, isto comporta um amadurecimento humano e, ao mesmo tempo, uma adesão diligente à verdade revelada, que o Magistério da Igreja propõe com fidelidade, e um sério compromisso na santificação pessoal e no exercício das virtudes, especialmente da humildade e da caridade; é necessário alimentar também a comunhão com os vários componentes do Povo de Deus, para que em todos aumente a consciência de que fazem parte do único Corpo de Cristo, membros uns dos outros (cf. Rm 12, 4-6). Caros amigos, para que tudo isto possa realizar-se, convido-vos a manter o olhar fixo em Cristo, autor e aperfeiçoador da fé (cf. Hb 12, 2). Com efeito, quanto mais permanecerdes em comunhão com Ele, tanto mais sereis capazes de seguir fielmente as suas pegadas, de tal maneira que, "na caridade que é o laço da perfeição" (Cl 3, 14), amadureça o vosso amor pelo Senhor, sob a guia do Espírito Santo. Diante dos vossos olhos tendes testemunhos de sacerdotes zelosos, que ao longo dos anos o vosso "Almo" Colégio incluiu entre os seus alunos, presbíteros que difundiram tesouros de ciência e de bondade na Vinha do Senhor. Segui o seu exemplo!

Dilectos amigos, o Papa acompanha-vos com a oração, pedindo que o Senhor vos conforte e vos cumule de dons copiosos. Interceda por vós Santa Inês que, quando era jovem, resistindo a adulações e ameaças, escolheu como seu tesouro a "pérola" preciosa do Reino e amou Cristo até ao martírio. A Virgem Maria faça com que possais dar frutos abundantes de boas obras, para glória do Senhor e para o bem da santa Igreja. Em penhor de tais votos, concedo-vos carinhosamente, a vós e a toda a comunidade capranicense, a Bênção Apostólica que de bom grado faço extensiva a quantos vos são queridos.

 

© Copyright 2006 - Libreria Editrice Vaticana

top