The Holy See
back up
Search
riga
VISITA PASTORAL DO SANTO PADRE A VIGEVANO E PAVIA

DISCURSO DO PAPA BENTO XVI
AOS JOVENS REUNIDOS NA PRAÇA
DA CATEDRAL DE PAVIA

Sábado, 21 de Abril de 2007

 

Queridos irmãos e irmãs

Depois de ter transcorrido esta tarde em Vigevano, eis-me agora no meio de vós, em Pavia, nesta praça, com a majestosa e imponente Catedral do século XV que lhe serve de moldura. Nesta igreja estão há séculos conservadas ciosamente, como num cofre, os despojos de São Siro, primeiro Bispo, dos séculos III-IV. Neste momento, tais relíquias estão provisoriamente conservadas na igreja do Carmo. Estou grato a todos vós por me terdes esperado e ouvido com ardor. Neste nosso primeiro encontro, desejo saudar a Senhora Presidente da Câmara Municipal e o Ministro Mastella, aos quais agradeço as cordiais palavras que me dirigiram. Saúdo também as demais Autoridades civis presentes. Desejo dirigir uma saudação especial ao Pastor da Diocese, o Bispo D. Giovanni Giudici e, juntamente com ele, saúdo os sacerdotes, as religiosas, os religiosos e quantos se dedicam activamente ao trabalho pastoral.

Desejo dirigir uma palavra particularmente afectuosa de modo especial a vós, estimados jovens, reunidos em tão grande número para este meu primeiro contacto com a vossa Diocese. Dela vós representais a esperança e o futuro:  por isso, estou feliz por começar a minha primeira visita precisamente convosco. Obrigado pela presença numerosa. Venho ao meio de vós esta tarde para vos renovar um anúncio que é sempre jovem, para vos confiar uma mensagem que, quando é ouvida, muda a existência, renovando-a e tornando-a repleta. A Igreja proclama esta mensagem com particular alegria neste tempo pascal:  Cristo ressuscitado está vivo no meio de nós! Também hoje! Quantos dos vossos coetâneos ao longo da história, queridos jovens, O encontraram e se tornaram seus amigos! Seguiram-no fielmente e deram testemunho do seu amor com a própria vida!

E então, não tenhais medo de oferecer a vossa existência a Cristo:  Ele nunca desilude as nossas expectativas, porque sabe o que há no nosso coração. Seguindo-o com fidelidade, não será difícil para vós encontrar a resposta às interrogações que trazeis na alma:  "O que devo fazer? Que tarefa me espera na vida?". A Igreja, que tem necessidade do vosso compromisso para transmitir especialmente aos vossos coetâneos o anúncio evangélico, ajuda-vos no caminho de conhecimento da fé e do amor a Deus e aos irmãos. A sociedade, que neste nosso tempo está assinalada por inúmeras mudanças sociais, conta com o vosso contributo para construir uma convivência comum menos egoísta e mais solidária, realmente animada pelos grandes ideais da justiça, da liberdade e da paz.

Eis a vossa missão, caros jovens amigos! Trabalhemos pela justiça, pela paz, pela solidariedade e pela verdadeira liberdade! Cristo ressuscitado vos acompanhe e, juntamente com Ele, a Virgem Maria, sua e nossa Mãe. Com o seu exemplo e a sua intercessão constante, Nossa Senhora vos ajude a não desanimar nos momentos do fracasso e a confiar sempre no Senhor. Agradeço-vos mais uma vez de coração esta vossa presença e abençoo todos vós com carinho.
Boa noite e até amanhã!

 

© Copyright 2007 - Libreria Editrice Vaticana

 

top