The Holy See
back up
Search
riga
SAUDAÇÃO DO PAPA BENTO XVI
NO FINAL DO CONCERTO PARA CELEBRAR
O MILÉNIO DA ARQUIDIOCESE DE BAMBERG

Palácio Pontifício de Castel Gandolfo
Terça-feira, 4 de Setembro de 2007

 

Reverendíssimo, querido Arcebispo Schick
Ilustre Senhor Ministro Goppel
Queridos Irmãos
no Episcopado e no Sacerdócio
Ilustres Senhoras e Senhores!

Talvez tenha acontecido a vós como a mim: os sons maravilhosos das duas sinfonias fizeram-me esquecer o quotidiano e transportaram-me para o mundo da música que como Vossa Excelência, Senhor Ministro, mencionou no início para Beethoven significava "uma revelação mais alta que qualquer sabedoria e filosofia". A música, de facto, tem a capacidade de remeter, para além de si mesma, para o Criador de qualquer harmonia, suscitando em nós ressonâncias que são como um sintonizar-se com a beleza e a verdade de Deus com aquela realidade que sabedoria humana alguma ou filosofia podem expressar. Foi isto que também Schubert quis expressar, quando disse acerca de um minueto de Mozart: "Parece que os anjos participam com o seu canto". E é isto que eu, como talvez muitos de vós, pude experimentar esta noite. Por esta experiência gostaria de agradecer de coração à "Bamberger Symphoniker" com o seu Director Jonathan Nott. Com a sua vasta gama de tonalidades de timbre e a grande força expressiva na interpretação das duas obras-primas da música afirmastes de novo a fama excelente da vossa orquestra. Que as vossas execuções possam ser para muitos também no futuro uma revelação especial!

O meu agradecimento dirige-se naturalmente também a quantos promoveram esta noite de festa, a Vossa Excelência, querido Arcebispo, e ao ilustre Senhor Ministro, assim como a todos os que com o seu apoio generoso tornaram possível a realização deste concerto. É um dom que interpreto como sinal de um vínculo particular de afecto da Arquidiocese de Bamberg com o sucessor de Pedro; de facto, durante alguns séculos da sua história já milenária a vossa Diocese esteve sob a imediata direcção da Santa Sé. Que a vossa peregrinação jubilar aos túmulos dos Apóstolos e ao actual sucessor de Pedro fortaleça a vossa alegria em Deus, para que possais ser suas testemunhas na vida quotidiana! Para isto peço a Deus uma abundante bênção para todos vós.

© Copyright 2007 - Libreria Editrice Vaticana

top