The Holy See
back up
Search
riga

DISCURSO DO PAPA BENTO XVI
POR OCASIÃO DA ATRIBUIÇÃO DO PÁTIO NORTE
 DA BASÍLICA DO VATICANO
A SÃO GREGÓRIO, O ILUMINADOR

Sexta-feira, 22 de Fevereiro de 2008

 

Estimados irmãos e irmãs

Dirijo a minha cordial saudação a todos os presentes. Em primeiro lugar, saúdo o Cardeal Angelo Comastri, Arcipreste da Basílica de São Pedro, e o Cardeal Giovanni Lajolo, Presidente do Governatorato. Além disso, saúdo o Patriarca Nersés Bédros XIX, a quem agradeço as amáveis palavras com as quais interpretou os sentimentos corais. Estendo o meu pensamento aos Arcebispos, Bispos e Personalidades religiosas de toda a Igreja católica arménia. Depois, saúdo as personalidades políticas, as delegações e quantos quiseram participar nesta significativa cerimónia, em que benzerei a placa toponomástica deste pátio. É de bom grado que aproveito o ensejo hodierno para abraçar com amor fraternal a Igreja apostólica arménia, assim como a Nação arménia e todos os Arménios espalhados pelo mundo inteiro.

Sem dúvida, esta é uma circunstância providencial, que nos oferece a oportunidade de nos encontramos aqui, ao lado do túmulo do Apóstolo Pedro, para recordar outro grande Santo ao qual, neste momento, se intitula o chamado "cortilone". Apraz-me recordar que o meu venerado Predecessor João Paulo II benzeu a imagem de São Gregório, o Iluminador, colocada precisamente aqui, poucos meses antes da sua morte. Há mais de 17 séculos, este grande Santo fez dos Arménios um povo cristão, aliás, o primeiro povo que se tornou oficialmente cristão. A conversão dos Arménios é um acontecimento que assinalou de modo profundo a identidade arménia, não apenas a nível pessoal, mas de toda a Nação. O termo "Iluminador", com o qual é denominado este Santo que vos é muito querido, põe em evidência a dúplice função que São Gregório teve na história da conversão arménia. Efectivamente, a "iluminação" é um conceito que se utiliza na linguagem cristã para indicar a passagem das trevas para a luz de Cristo. E na verdade exactamente Cristo é o grande Iluminador que irradia a sua luz sobre toda a existência de quem o acolhe e segue fielmente. Pois bem, São Gregório chamava-se o Iluminador precisamente porque nele se reflectia de modo extraordinário o rosto do Salvador. Na acepção arménia, o vocábulo "iluminação" reveste também um ulterior significado; indica a luz que deriva da difusão da cultura através do ensinamento. E isto faz pensar imediatamente naqueles monges-mestres que, seguindo os passos de São Gregório, deram continuidade à sua pregação, propagando desta forma a luz da verdade evangélica, que revela ao homem a verdade do seu próprio ser e desenvolve as suas ricas potencialidades culturais e espirituais.

Amados irmãos e irmãs, agradeço-vos mais uma vez o facto de terdes participado neste nosso encontro. Inaugurando o "Pátio São Gregório, o Iluminador", oremos a fim de que o povo arménio, por intercessão deste seu ilustre e benemérito filho, continue a percorrer o caminho da fé deixando-se orientar como fez ao longo dos séculos por Cristo e pelo seu Evangelho, que assinalaram a sua cultura de maneira indelével. Com estes bons votos, que confio à intercessão da Virgem Maria, concedo a todos vós a minha Bênção.

 

© Copyright 2008 - Libreria Editrice Vaticana

 

top