The Holy See
back up
Search
riga

VIAGEM APOSTÓLICA
DO SANTO PADRE BENTO XVI
AOS CAMARÕES E ANGOLA
(17-23 DE MARÇO DE 2009)

PUBLICAÇÃO DO INSTRUMENTUM LABORIS
DA II ASSEMBLEIA ESPECIAL
 PARA A ÁFRICA DO SÍNODO DOS BISPOS

PALAVRAS DO PAPA BENTO XVI

Estádio Amadou Ahidjo de Yaoundé
Quinta-feira, 19 de Março de 2009

Amados Irmãos no Episcopado,
Presidentes das Conferências Episcopais nacionais e regionais de África e Madagascar!

Há catorze anos, no dia 14 de Setembro de 1995, o meu venerado antecessor, Papa João Paulo II, assinava precisamente aqui em Yaoundé a Exortação apostólica pós-sinodal Ecclesia in Africa. Hoje tenho a grande alegria de vos entregar o texto do Instrumentum laboris da Segunda Assembleia Especial para a África do Sínodo dos Bispos, que terá lugar em Roma no próximo mês de Outubro. O tema desta Assembleia «A Igreja em África ao serviço da reconciliação, da justiça e da paz», que aparece em continuidade com a Ecclesia in Africa, tem grande importância para a vida do vosso continente, naturalmente, mas também para a vida da Igreja universal. O Instrumentum laboris é fruto da vossa reflexão, feita a partir dos aspectos relevantes da situação eclesial e social do vosso país de origem. Aquele reflecte o grande dinamismo da Igreja na África, mas também os desafios que a mesma deve enfrentar e que o Sínodo deverá examinar. Logo à tarde, terei oportunidade de me demorar mais longamente sobre este tema com os membros do Conselho Especial para a África do Sínodo dos Bispos. Espero vivamente que os trabalhos da Assembleia Sinodal contribuam para fazer crescer a esperança nos vossos povos e no conjunto do continente; contribuam para infundir em cada uma das vossas Igrejas locais um novo ardor evangélico e missionário ao serviço da reconciliação, da justiça e da paz, segundo o programa formulado pelo próprio Senhor: «Vos sois o sal da terra… Vós sois a luz do mundo» (Mt 5, 13.14). Que a alegria da Igreja na África por celebrar este Sínodo seja também a alegria da Igreja universal.

Amados irmãos e irmãs que acompanhais os vossos Bispos, representando de algum modo a Igreja presente entre todos os povos da África, convido-vos a incluir na vossa oração a preparação e a realização deste grande acontecimento eclesial. A Rainha da Paz sustente os esforços de todos os «artífices» de reconciliação, de justiça e de paz. Nossa Senhora da África, rogai por nós.

© Copyright 2009 - Libreria Editrice Vaticana

 

top