The Holy See
back up
Search
riga

VIAGEM APOSTÓLICA
DO PAPA BENTO XVI
À REPÚBLICA TCHECA
(26-28 DE SETEMBRO DE 2009)

MENSAGEM AOS JOVENS

DISCURSO DO SANTO PADRE

Esplanada de Melnik em Stará Boleslav
Segunda-feira, 28 de Setembro de 2009

(Vídeo) 

 

Queridos jovens!

No final desta celebração, dirijo-me directamente a vós e antes de tudo saúdo-vos com afecto. Viestes em grande número de todo o país e também dos países vizinhos; "acampastes" aqui ontem à noite e pernoitastes nas tendas, fazendo juntos uma experiência de fé e de fraternidade. Obrigado por esta vossa presença, que me faz sentir o entusiasmo e a generosidade que são próprios da juventude. Convosco também o Papa se sente jovem! Dirijo um agradecimento particular ao vosso representante pelas suas palavras e pelo maravilhoso dom.

Queridos amigos, não é difícil verificar que em cada jovem há uma aspiração pela felicidade, por vezes misturada com um sentido de preocupação; uma aspiração que muitas vezes a actual sociedade consumista explora de modo falso e alienante. Ao contrário, é preciso avaliar seriamente o anseio pela felicidade que exige uma resposta verdadeira e completa. De facto, na vossa idade são feitas as primeiras grandes escolhas, capazes de orientar a vida para o bem ou para o mal. Infelizmente, não são poucos os vossos coetâneos que se deixam atrair por miragens ilusórias de paraísos artificiais para se encontrar depois numa triste solidão. Mas existem também muitos jovens e moças que desejam transformar, como disse o vosso porta-voz, a doutrina na acção para dar um sentido pleno à sua vida. Convido-vos a todos a olhar para a experiência de Santo Agostinho, o qual dizia que o coração de cada pessoa é irrequieto enquanto não encontrar o que deveras procura. E ele descobriu que só Jesus Cristo era a resposta satisfatória ao desejo, seu e de cada homem, de uma vida feliz, cheia de significado e de valor (cf. Confissões, I, 1, 1).

Como fez com ele, o Senhor vem ao encontro de cada um de vós. Bate à porta da vossa liberdade e pede para ser acolhido como um amigo. Deseja tornar-vos felizes, colmar-vos de humanidade e de dignidade. A fé cristã é isto:  o encontro com Cristo, Pessoa viva que dá à vida um novo horizonte e com isto a direcção decisiva. E quando o coração de um jovem se abre aos seus desígnios divinos, não tem grande dificuldade em reconhecer e seguir a sua voz. De facto, o Senhor chama cada um pelo nome e a cada um deseja confiar uma missão específica na Igreja e na sociedade. Queridos jovens, tomai consciência de que o Baptismo vos tornou filhos de Deus e membros do seu Corpo que é a Igreja. Jesus renova-vos constantemente o convite para ser seus discípulos e suas testemunhas. Muitos de vós são chamados ao matrimónio e a preparação para este Sacramento constitui um verdadeiro caminho vocacional. Considerai então seriamente a chamada divina a constituir uma família cristã e a vossa juventude seja o tempo no qual construir com sentido de responsabilidade o vosso futuro. A sociedade precisa de famílias cristãs, de famílias santas!

Depois, se o Senhor vos chama a segui-lo no sacerdócio ministerial ou na vida consagrada, não hesiteis em responder ao seu convite. Em particular, neste Ano Sacerdotal, faço apelo a vós, jovens:  estai atentos e disponíveis para a chamada de Jesus a oferecer a vida ao serviço de Deus e do seu povo. A Igreja, também neste país, precisa de sacerdotes numerosos e santos, e de pessoas totalmente consagradas ao serviço de Cristo, Esperança do mundo.

A esperança! Esta palavra, sobre a qual falo com frequência, conjuga-se bem com juventude. Vós, queridos jovens, sois a esperança da Igreja! Ela espera que vos torneis mensageiros da esperança, como aconteceu no ano passado, na Austrália, na Jornada Mundial da Juventude, grande manifestação de fé juvenil, que pude viver pessoalmente e na qual alguns de vós participastes. Em maior número podereis ir a Madrid, em Agosto de 2011. Convido-vos desde já para este grande encontro dos jovens com Cristo na Igreja.

Queridos amigos, obrigado mais uma vez pela vossa presença e obrigado pelo vosso dom:  o livro com as fotografias que contam a vida dos jovens nas vossas dioceses. Obrigado também pelo sinal da vossa solidariedade para com os jovens da África, que me quisestes entregar. O Papa pede-vos que vivais com alegria e entusiasmo a vossa fé; que cresçais na unidade entre vós e com Cristo; que rezeis e sejais assíduos na prática dos Sacramentos, em particular da Eucaristia e da Confissão; que cuideis a vossa formação cristã permanecendo sempre dóceis aos ensinamentos dos vossos Pastores. Guie-vos neste caminho São Venceslau com o seu exemplo e com a sua intercessão, e a Virgem Maria, Mãe de Jesus e nossa Mãe vos proteja sempre. A todos abençoo com afecto!

 

© Copyright 2009 - Libreria Editrice Vaticana

 

top