The Holy See
back up
Search
riga

PALAVRAS DO PAPA BENTO XVI
NA CONCLUSÃO DOS EXERCÍCIOS ESPIRITUAIS
DA CURIA ROMANA

Capela "Redemptoris Mater"
Sábado, 19 de Março de 2011

Galeria fotográfica

Queridos Irmãos
Estimado Padre
Léthel!

No final deste caminho de reflexão, meditação e oração em companhia dos Santos amigos do Papa João Paulo II, gostaria de vos dizer de coração: obrigado a Vossa Reverência, Pe. Léthel, pela sua guia segura, pela riqueza espiritual que nos proporcionou. Os Santos: Vossa Reverência mostrou-no-los como «estrelas» no firmamento da História e, com o seu entusiasmo e alegria, inseriu-nos na roda destes Santos e mostrou-nos que precisamente os Santos «pequenos» são os Santos «grandes». Mostrou-nos que a scientia fidei e a scientia amoris caminham juntas e se completam, que a razão grande e o grande amor estão juntos, aliás, que o amor grande vê mais do que a razão sozinha.

A Providência quis que estes Exercícios se concluam com a festa de são José, meu Padroeiro pessoal e Padroeiro da Santa Igreja: um santo humilde, um trabalhador humilde, que foi tornado digno de ser Guarda do Redentor.

São Mateus caracteriza são José com uma palavra: «Era um justo», «dikaios», de «dike», e na visão do Antigo Testamento, como a encontramos por exemplo no Salmo 1, «justo» é o homem que está imerso na Palavra de Deus, que vive na Palavra de Deus, que vive a Lei não como «jugo», mas como «alegria», vive — poderíamos dizer — a Lei como «Evangelho». São José era justo, estava imerso na Palavra de Deus, escrita, transmitida na sabedoria do seu povo, e precisamente deste modo estava preparado e chamado a conhecer o Verbo Encarnado — o Verbo que veio ao nosso meio como homem —, e predestinado a guardar, a proteger este Verbo Encarnado; esta permanece a sua missão para sempre: guardar a Santa Igreja e Nosso Senhor.

Recomendamo-nos neste momento à sua custódia, rezamos para que nos ajude no nosso serviço humilde. Prossigamos com coragem sob esta protecção. Sejamos gratos pelos Santos humildes, rezemos ao Senhor para que torne também a nós humildes no nosso serviço e, desta forma, santos na companhia dos Santos.

Mais uma vez obrigado a Si, Pe. Léthel, pela sua inspiração. Obrigado!

© Copyright 2011 - Libreria Editrice Vaticana

top