The Holy See
back up
Search
riga

SOLENIDADE DA IMACULADA CONCEIÇÃO
DA BEM-AVENTURADA VIRGEM MARIA

PAPA JOÃO PAULO II

ANGELUS

Praça de São Pedro
Segunda-feira, 8 de Dezembro de 1980

 

1. A Constituição Conciliar Lumen Gentium dedica o último capítulo, o oitavo, à Virgem Maria, Mãe de Deus.

Pode-se dizer que neste capítulo a Igreja fixa o olhar, de modo especial, n'Ela, a que já Santo Ambrósio chamou "figura da Igreja... isto é, na ordem da fé, da caridade e da perfeita união com Cristo" (cf. Lumen Gentium, 63).

"De facto, no mistério da Igreja, a qual também se chama com razão virgem e mãe, à Santíssima Virgem pertence o primeiro lugar, por ser de modo eminente e singular como virgem e como mãe" (Lumen Gentium, ibid.).

Esse fixar o olhar em Maria encontra expressão na liturgia e em toda a vida da Igreja. A hodierna solenidade da Imaculada Conceição parece ser aquele momento, em que o fixar o olhar da Igreja em Maria chega mais longe, não só ao "início" mesmo da sua existência na terra, mas também ao "início" da história do homem e da história da salvação. Melhor, ainda mais longe: ao eterno Divino Pensamento e Amor, em que Maria foi concebida primeiro, infinitamente primeiro, do que se desse a sua conceição na terra.

2. Seguindo a ideia da Igreja, podemos hoje aplicar a Maria Santíssima as palavras do Livro do Sirácide: "Ele a criou como Seu Santo Espírito... e a difundiu sobre todas as suas obras" (Sir 1, 9 s. Vulg).

Bem está que hoje a cidade de Roma, sede de São Pedro, preste particular veneração e demonstre singular amor Aquela que — segundo afirma Santo Agostinho — "é certamente uma excepção, e quando se fala de pecado não deve nem sequer ser nomeada, atendendo ao Senhor. Como poderemos alguma vez conhecer a imensa doação de graça de que foi penetrada para ser salvaguardada, de todos os vestígios do pecado, Ela que mereceu conceber e gerar Aquele que não teve absolutamente pecado nenhum?" (De Natura et Gratia, c. 36, 42: PL 44, 267).

Em espírito de fervorosa devoção, na tarde de hoje dirigir-me-ei à Praça de Espanha, para cumprir o meu acto de homenagem à estátua da Imaculada e, irei depois à Basílica de Santa Maria Maior, para venerar, juntamente com os fiéis, a Senhora "Salvação do Povo Romano": a Ela pedirei a Sua protecção maternal para esta Cidade, para a Itália, para a Polónia, para a Europa e para o Mundo.

 

© Copyright 1980 - Libreria Editrice Vaticana

 

top