The Holy See
back up
Search
riga

PAPA JOÃO PAULO II

ANGELUS

Domingo, 28 de Dezembro de 1980

 

1. Quando, no dia de Natal, nos dirigimos em espírito a Belém, onde se mostrou o Verbo feito carne (cf. Jo 1, 14), temos diante dos olhos da nossa fé o mistério imperscrutável de Deus Encarnado por nós homens e pela nossa salvação. E, ao mesmo tempo, este mistério reveste forma, que nos é bem conhecida, da Família: da família humana. De facto, naquela noite em que Maria Virgem, esposa diante de Deus e dos homens, de José, carpinteiro de Nazaré deu ao mundo Jesus por obra do Espírito Santo, revelou-se esta Família, que a Igreja hoje justamente venera. Estamos no domingo entre a oitava do Natal, dedicado à Sagrada Família.

Mediante esta santa, santíssima Família de Belém e de Nazaré, da qual se tornou filho o Filho mesmo de Deus Eterno, Cristo a Igreja pensa hoje em cada família, dirige-se a cada uma e pede por cada uma. Isto adquire actualidade mais particular, pois estamos no ano do Sínodo dos Bispos, dedicado às tarefas da família cristã no mundo contemporâneo.

2. Esta festividade é, ao mesmo tempo, o Dia da Família, porque a "Sagrada Família de Jesus, Maria e José" é modelo de vida para cada homem, para cada cristão e para cada , comunidade familiar. "Quanto mais a família se torna cristã, tanto mais se torna humana", disseram os Padres Sinodais (Mensagem dos Padres Sinodais, n. 12). Como a Sagrada Família de Nazaré foi lugar privilegiado do amor, o ambiente singular em que reinava o mútuo respeito por cada pessoa e pela sua vocação, e ao mesmo tempo a primeira escola em que foi vivida intensamente a mensagem cristã, assim a família cristã e humana é e deve ser comunidade de amor e de vida, que são os seus valores fundamentais.

O recente Sínodo dos Bispos contribuiu para despertar, desde a fase preparatória mas sobretudo no decorrer do seu desenvolvimento, maior tomada de consciência da grande importância e missão, que a família cristã tem na delicada situação do mundo hodierno. O Sínodo tornou a meditar sobre o desígnio, traçado por Deus para a família; à luz do projecto de Deus, insistiu na grandeza e na impossibilidade do papel da família em serviço da vida, para plasmar homens livres e responsáveis, como "igreja doméstica" aberta aos outros e como célula primordial, com os próprios direitos e deveres para com a sociedade.

Na conclusão do Sínodo, os Bispos reunidos enviaram uma "Mensagem às famílias cristãs no mundo contemporâneo" e formularam 43 proposições, que depuseram nas mãos do Papa, para que as faça frutificar por toda a Igreja. Toda a riqueza do recente Sínodo deve agora redundar em benefício das famílias e da sociedade.

Enquanto algumas Conferências Episcopais e muitos Bispos em particular, sacerdotes e leigos, tornam mais intenso o seu trabalho e o seu diálogo coro as famílias, o Papa acolheu de muito boa vontade o desejo comum dos Bispos e aplica-se a preparar um documento.

Neste dia, dedicado à Sagrada Família de Nazaré, convido todos a reflectirem, viverem e tomarem consciência do que Deus, a Igreja, a sociedade e a humanidade toda, esperam da Família.

E, por isso, vos convido também a unirdes-vos à oração que redigi para o recente Sínodo dos Bispos e rezarei agora juntamente convosco, pelas vossas famílias e pelas famílias de todo o inundo:

"Deus, do qual provém toda a paternidade no céu e na terra, Pai, que sois Amor e Vida, / faz que toda a família humana sobre a terra se torne, / mediante o Teu Filho, Jesus Cristo, "nascido de Mulher", / e mediante o Espírito Santo, fonte de divina caridade, / verdadeiro santuário da vida e do amor / para as gerações que sempre se renovam. / Faz que a tua graça guie os pensamentos e as obras dos cônjuges / para o bem das suas famílias / e de todas as famílias do mundo. / Faz que as jovens gerações encontrem na família forte sustentáculo / para a sua humanidade e o seu crescimento na verdade e no amor. / Faz que o amor, reforçado pela graça do sacramento do Matrimónio, / se mostre mais forte que toda a fraqueza e toda a crise, / através das quais, por vezes, passam as nossas famílias. / Faz, por fim, pedimos-to por intercessão da Sagrada Família de Nazaré, / que a Igreja, no meio de todas as nações da terra, / possa cumprir frutuosamente a sua missão / na família e mediante a família. / Por Cristo nosso Senhor, / que é o" caminho, a verdade e a vida / nos séculos dos séculos. Amém".

 

© Copyright 1980 - Libreria Editrice Vaticana

 

top