The Holy See
back up
Search
riga

PAPA JOÃO PAULO II

ANGELUS

II Domingo do Advento
5 de Dezembro de 1982

 

1. Cada cinco anos os meus Irmãos no Episcopado de todas as partes do mundo, segundo cada um dos Países e Continentes, vêm a Roma para visitar "as memórias dos Apóstolos" (ad limina Apostolorum), conforme uma antiquíssima tradição.

É um acontecimento importante, que serve para renovar o vínculo que une todas as Igrejas na sua unidade católica mediante a Igreja de Roma.

Como já domingo passado, ao recitar a prece do Angelus, desejo corresponder a estas visitas, recordando, um depois do outro, cada um dos Episcopados dos vários Países. Com a oração exprimo o meu agradecimento aos caros Irmãos Bispos no Serviço Episcopal, com os quais me une a identidade do ministério na Igreja de Deus.

2. Neste domingo o meu pensamento dirige-se de modo particular aos Bispos de Madagáscar, que vieram em visita ad limina no passado mês de Maio. São 24 Bispos, com o Cardeal Arcebispo de Tananarive, para uma comunidade católica que corresponde a 22 por cento de uma população de cerca de nove milhões de habitantes.

Os Bispos informaram-me da situação actual das suas Dioceses, falando-me da vitalidade e da fidelidade daqueles católicos, e das dificuldades e esperanças das suas comunidades, às quais envio a minha afectuosa saudação e encorajamento.

Os sacerdotes diocesanos são cerca de 150, enquanto os Religiosos, compreendidos os irmãos leigos, são mais de 800, dos quais uma parte é autóctone e os outros são missionários. As Religiosas chegam quase a duas mil.

Um trabalho particularmente benemérito e precioso é desenvolvido por cerca de 7.500 catequistas.

Os Seminários, contando os vários pequenos Seminários menores, são 13 e conservam consolantes esperanças para o futuro.

A Igreja desenvolve uma intensa actividade também a nível escolar e assistencial: o seu testemunho cristão assume deste modo uma importância social.

Juntamente com estes Bispos supliquei ao Senhor que ajude a Igreja de Madagascar a crescer e desenvolver-se cada vez mais na fidelidade ao Evangelho e ao homem, superando, com a graça de Deus, as dificuldades. E convido também todos vós a recordar-vos destas intenções nas vossas preces.

3. E agora, com algumas palavras tomadas da Epístola de São Paulo aos Filipenses, desejaria exprimir o que une todos os Bispos em Cristo e na Igreja. São Palavras que lemos na liturgia do presente Domingo do Advento: "Dou graças ao meu Deus... Em todas as minhas orações peço sempre com alegria por todos vós, recordando-me da parte que tomastes na difusão do Evangelho, desde o primeiro dia até agora. Estou persuadido de que Aquele que começou em vós a boa obra a completará até ao Dia de Cristo Jesus" (Fil 1, 4-6).

4. "Esta obra", "esta boa obra", ligada ao serviço de cada Bispo, recomendemo-la agora à Virgem, que acolheu no seu coração e preparou com a sua maternidade o Advento de Deus-Homem.

 

 

© Copyright 1982 - Libreria Editrice Vaticana

 

 

top