The Holy See
back up
Search
riga

PAPA JOÃO PAULO II

ANGELUS

Quarta-feira, 8 de Dezembro de 1982
Solenidade da Imaculada Conceição de Maria

 

1. Alma Redemptoris Mater, quae pervia caeli porta inanes, et stella maris.

Ó Santa Mãe do Redentor, porta que nos abre o Céu, estrela do mar!

Nós fixamos o olhar na Imaculada como na Estrela que no céu sombrio das expectativas e incertezas nos guia de modo particular neste dia, quando no cenário da liturgia do Advento brilha a Sua anual solenidade; contemplamo-La na eterna Divina Economia como a Porta aberta, através da qual deve vir o Redentor do mundo.

Toda a nossa esperança do Advento concentra-se ao Seu redor: à volta do mistério da Imaculada Conceição no qual, com o poder da divina eleição, é superada a herança originária do pecado.

2. E por isso a Ela clamamos com estas palavras:

Sucurre cadenti surgere qui curat populo, Tu quae genuisti, natura mirante, Tuum Sanctum Genitorem.

Socorre o teu povo vacilante que aspira ressurgir, Tu que, com admiração de todas as criaturas, geraste o Teu Criador.

3. A esperança do Advento está unida à ardente prece pelo renovamento das criaturas e do homem, envolvido no pecado.

Peçamos: faze que o mundo ressurja! ajuda o homem a ressurgir do pecado!

És também a Mãe de Deus! És precisamente Aquela que dá ao mundo o Deus feito Homem.

4. Contemplemos Maria como a extraordinária obra da Graça Divina. E com veneração e respeito celebremos a Sua maternidade virginal:

Virgo prius ac posterius, Gabrielis ab ore sumens illud "Ave", peccatorum miserere!

Virgem antes e depois do parto, que acolheste a saudação do Anjo, tem piedade dos pecadores!

5. E neste dia tão solene, supliquemos à Imaculada queira acolher de nós pecadores a mesma saudação que Lhe foi dirigida pelo Anjo na anunciação.

Recitemos o "Angelus Domini"...

 

 

© Copyright 1982 - Libreria Editrice Vaticana

top