The Holy See
back up
Search
riga

 JOÃO PAULO II

ANGELUS

Borno, 19 de Julho de 1998

     

Caríssimos Irmãos e Irmãs

1. É com grande alegria que hoje me encontro em Borno, na maravilhosa moldura destas montanhas, que se elevam poderosas e majestosas ao céu. Saúdo cordialmente todos vós, queridos habitantes de Borno, e agradeço-vos o vosso acolhimento. Saúdo as pessoas que vêm aqui durante o Verão para respirar o ar puro e descansar entre os vossos pinhais e montes, e torno o meu pensamento extensivo ao inteiro Vale Camonica, rico de tradições religiosas e de belezas naturais. Uma especial saudação ao Bispo de Bréscia, D. Bruno Foresti, ao Auxiliar, D. Vigílio Olmi, e ao vosso Pároco, Pe. Giuseppe Maffi, agradecendo-lhe as palavras de boas-vindas. Depois, sinto-me feliz por me poder encontrar aqui, na sua cidade natal, com D. Giovanni Battista Re, meu estreito, caríssimo e fidelíssimo colaborador.

2. Prezados habitantes de Borno, quisestes receber-me em frente da vossa igreja paroquial, que sobressai entre as vossas casas e constitui um significativo ponto de referência da vossa fé e história. Deste lugar que vos é tão querido, desejaria dizer a todos: amai a vossa fé, testemunhai-a com alegria, tornai-a activa mediante o amor fraterno, o perdão generoso, a ajuda recíproca e solidária. A quantos se encontram afastados da Igreja ou não são crentes, desejaria dirigir este convite: não tenhais medo de buscar a Deus, porque Ele está à vossa procura e vos ama. Depois, aos jovens que são a esperança do terceiro milénio, quereria dizer: investi bem a vossa vida, que é um talento a fazer frutificar; recordai- vos que só se vive uma vez!

Pensando precisamente nos jovens, é-me grato recordar que Giovanni Battista Montini, que mais tarde se tornou Papa Paulo VI, nos anos da sua juventude costumava passar as férias de Verão com os seus pais aqui em Borno. Em 1920, poucas semanas depois da sua ordenação sacerdotal, ele celebrou a Santa Missa nesta vossa igreja. Neste ano celebra-se o centenário do seu nascimento e, à espera de festejá-lo solenemente no mês de Setembro em Bréscia, agora quereria convidar-vos a rezar para que, seguindo o seu exemplo, muitos jovens da comunidade de Borno, do Vale Camonica e da inteira Diocese de Bréscia sigam o exemplo da sua fiel adesão ao Senhor no caminho do sacerdócio ou da vida religiosa.

3. Caríssimos Irmãos e Irmãs, neste maravilhoso cenário da natureza é mais fácil elevar o olhar ao Criador e louvá-Lo pelas suas obras. Na Carta Apostólica Dies Domini, ressaltei que precisamente este olhar contemplativo deve caracterizar o Domingo, Dia do Senhor. Os meus bons votos são por que o período das férias constitua um tempo favorável para redescobrir o sentido cristão do Domingo, dia de descanso mas sobretudo de oração comunitária; dia em que Cristo ressuscitado nos enche de esperança e alegria; dia concedido para o bem do homem.

Nossa Senhora Santíssima, a quem nos dirigimos com a oração do Angelus, nos ajude neste compromisso de aprofundamento espiritual e auxilie todos nós a reavivar constantemente a fé e a adesão aos valores cristãos que estão nas raízes de Borno e das tradições destes vossos vales, ricos de religiosidade e de efectiva fidelidade ao Evangelho.

   

 

© Copyright 1998 - Libreria Editrice Vaticana

 

top