The Holy See
back up
Search
riga

JOÃO PAULO II

ANGELUS

Domingo, 27 de dezembro de 1998

 

1. No clima jubiloso do Natal, ao viver com renovada admiração o mistério do Emanuel, Deus connosco, a Igreja leva-nos hoje a contemplar a Sagrada Família de Nazaré. Da contemplação deste maravilhoso modelo, a Igreja haure valores a serem repropostos às mulheres e aos homens de todos os tempos e de todas as culturas.

«Ó Família de Nazaré, imagem viva da Igreja de Deus!». Com estas palavras, a comunidade cristã reconhece na comunhão familiar de Jesus, Maria e José uma autêntica «regra de vida»: quanto mais a Igreja souber realizar o «pacto de amor» que se manifesta na Sagrada Família, tanto mais cumprirá a missão de ser fermento para que «n'Ele os homens constituam uma família» (cf. Ad gentes, 1).

2. Da Sagrada Família irradia uma luz de esperança também sobre a realidade da família de hoje. Consciente disto, o Pontifício Conselho para a Família está desde agora a trabalhar para preparar o terceiro Encontro Mundial das Famílias, que será realizado em Roma nos dias 14 e 15 de Outubro do ano 2000, no contexto do Grande Jubileu. A preparação centra-se no tema inspirador: «Os filhos, primavera da família e da sociedade».

Sim, precisamente em Nazaré desabrochou a primavera da vida humana do Filho de Deus, no momento em que Ele foi concebido por obra do Espírito Santo no seio da Virgem Maria. E entre as paredes hospitaleiras da Casa de Nazaré Jesus, que «crescia em sabedoria, em estatura e graça, diante de Deus e dos homens» (Lc 2, 52), viveu com alegria a Sua infância.

3. Desta forma, o mistério de Nazaré ensina todas as famílias a gerar e educar os próprios filhos, cooperando de forma admirável na obra do Criador e oferecendo ao mundo, em cada criança, um novo sorriso.

É na família unida que os filhos maturam a sua existência, vivendo a experiência mais significativa e rica do amor gratuito, da fidelidade, do respeito recíproco e da defesa da vida. Famílias de hoje, olhai para a Famí- lia de Nazaré, inspirando-vos no exemplo de Maria e de José, que se dedicaram amorosamente ao Verbo Encarnado, a fim de obter deles as indicações adequadas para as quotidianas opções de vida! À luz dos ensinamentos recebidos naquela insuperável escola, cada família poderá orientar-se no caminho rumo à plena actuação do desígnio de Deus.


Depois do Angelus

Por ocasião da Festa da Sagrada Família, é-me grato mencionar um interessante projecto humano denominado «Aggiungi un posto a tavola» (Põe mais um lugar à mesa). Pessoas sós, em dificuldade e sem casa são convidadas no último dia do ano por famílias que as hospedam, que abrem as portas de sua casa. Promovida pelo Observatório de Milão, esta iniciativa está a difundir-se também em Roma e noutras cidades: faço sentidos votos por que aumente o número de quantos aderem a ela, não só para oferecer a quem se encontra em necessidade um dia mais sereno, mas para iniciar, desta forma, uma amizade e uma frutuosa colaboração.

Desejo a todos um bom domingo e um sereno prosseguimento das festas de Natal.



© Copyright 1998 - Libreria Editrice Vaticana 

 

top