The Holy See
back up
Search
riga

JOÃO PAULO II

ANGELUS

29 de Junho de 1998

Festa dos Santos Pedro e Paulo

 

Caríssimos Irmãos e Irmãs

1. Comemoramos hoje os Santos Apóstolos Pedro e Paulo: é festa em toda a Igreja, é festa grandiosa especialmente em Roma, que os venera como seus Padroeiros.

A Providência quis que tanto o mistério pastoral de Pedro como a actividade missionária de Paulo culminassem na Cidade de Roma, e ambos receberam aqui o selo do martírio. O facto de ela ter sido marcada pelo sangue dos grandes Apóstolos constitui o fundamento espiritual e histórico do papel singular da Comunidade de Roma e do seu Bispo na Igreja universal.

Se Jerusalém representa, por um lado as origens do Cristianismo e por outro a Cidade celeste, e como tal conserva um perene valor de referência às nascentes da fé e à meta ultraterrena, Roma é sobretudo depositária de uma tarefa central na missão da Igreja através dos séculos. Tarefa que consiste em garantir e promover a comunhão doutrinal e pastoral e em sustentar a evangelização até aos extremos confins da terra.

O Grande Jubileu do Ano 2000 reforce na Igreja inteira o compromisso missionário e a tensão para a plena unidade entre cristãos pertencentes a diferentes confissões.

 2. A este propósito, dirijo um cordial pensamento ao Patriarca Ecuménico de Constantinopla, Sua Santidade Bartolomeu I, e agradeço-lhe ter enviado a Roma, por ocasião da hodierna solenidade, uma qualificada delegação.

Hoje, a presença dos representantes da Igreja ortodoxa é mais do que nunca grata e significativa, e terei o prazer de retribuir este gesto, em conformidade com a feliz tradição, na já próxima festividade de Santo André, irmão de Simão Pedro e Padroeiro de Constantinopla.

Além disso, renovo a minha saudação aos caríssimos Arcebispos Metropolitanos, aos quais há pouco na Basílica do Vaticano consignei o Pálio, sinal de comunhão com a Sé de Pedro.

3. Depois, desejo expressar calorosos e paternos bons votos de paz e de bem à Diocese de Roma!

Caríssimos romanos, e todos vós que viveis na Cidade de Pedro e de Paulo, dou-vos a minha Bênção em nome dos Santos Padroeiros e exorto-vos: tende sempre uma memória viva das raízes cristãs desta Cidade e sede conscientes da tarefa espiritual que lhe foi confiada. A missão da cidade, que está em pleno desenvolvimento, solicita a contribuição de todos os crentes, a fim de que a Roma do ano 2000 seja fiel aos valores do Evangelho e os saiba traduzir em comportamentos concretos. Só assim se podem enfrentar juntos os problemas e as dificuldades que a vida de uma grande cidade apresenta quotidianamente.

Confio estes compromissos a Maria Santíssima, Rainha dos Apóstolos e Salvação do Povo Romano.

  

 

© Copyright 1998 - Libreria Editrice Vaticana

top