The Holy See
back up
Search
riga

JOÃO PAULO II

ANGELUS

Domingo, 10 de Outubro de 1999

Caríssimos Irmãos e Irmãs!


1. A memória litúrgica da Bem-Aventurada Virgem Maria do Rosário, que celebrámos na passada quinta-feira, dá-me a ocasião de voltar a falar acerca do valor desta singular forma de oração mariana, que é o santo Rosário.

Seguindo o exemplo dos meus venerados Predecessores não deixei, em várias circunstâncias, de ressaltar a sua importância. Nela harmonizam-se admiravelmente a simplicidade e a profundidade, a dimensão individual e a comunitária. O Rosário é em si uma oração contemplativa, e possui uma grande força de intercessão: de facto, quem o recita une-se a Maria na meditação dos mistérios de Cristo, e é levado a invocar a graça própria destes mesmos mistérios nas múltiplas situações da vida e da história.

2. Em Outubro, mês do Rosário, recorramos com frequência a esta oração mariana, que outrora era prece quotidiana das famílias cristãs. São tantas as intenções que se podem confiar a Nossa Senhora. Exorto-vos, sobretudo, a recitar o Rosário pela Assembleia sinodal dos Bispos da Europa, que se está a realizar aqui no Vaticano. Procuro participar nele assiduamente, e vejo com que anseio pastoral os Padres sinodais se confrontam com os grandes desafios do Continente europeu. Emerge com vigor a exigência duma renovada e corajosa evangelização, duma ampla acção missionária que tenha em consideração as mudadas situações da Europa, cada vez mais pluriétnica e multicultural.

No passado, a oração do Rosário ajudou a salvaguardar a integridade da fé do Povo de Deus; oxalá a prática fervorosa desta oração apoie a Igreja na passagem para o terceiro milénio, para que continue a ser profético "sinal e também instrumento da união íntima com Deus e da unidade de todo o género humano" (Lumen gentium, 1).

3. Por esta intenção e por todas as necessidades da Igreja e do mundo, convido cada um, especialmente as crianças, as famílias e os idosos a elevar uma coral invocação a Maria durante todo o mês de Outubro. Peçamos à Virgem Santa que ajude a Igreja a ser, cada vez mais e melhor, a ponte que une o homem a Deus e os homens entre si. Oremos para que seja promovido e favorecido o encontro pacífico e o diálogo respeitoso entre os povos, as culturas e as religiões.

Maria, Virgem do santo Rosário, ora por nós!


No final da oração mariana, o Santo Padre pronunciou ainda as seguintes palavras:

Celebra-se hoje a Jornada da saúde mental, promovida pela Organização Mundial da Saúde. No seu múltiplo empenho em favor dos doentes, a Igreja está sempre atenta às pessoas atingidas por disfunções psíquicas. Garanto uma particular recordação na oração por estes nossos irmãos e irmãs e pelas suas famílias, e encorajo aqueles que, a todos os níveis, trabalham neste difícil âmbito de serviço à saúde.

Também se celebra hoje, na Itália, o Dia das Comunicações Sociais, que tem por tema: "Mass media: presença amiga ao lado de quem procura o Pai". Oxalá esta celebração chame a atenção de todos para os meios de comunicação social, para que, graças ao contributo de cada um, eles estejam cada vez mais atentos à profunda necessidade que o homem tem de conhecer a origem e a meta da sua peregrinação terrena.

Saúdo com afecto cada um dos peregrinos presentes e desejo a todos um sereno domingo.

 

© Copyright 1999 - Libreria Editrice Vaticana

 

top