The Holy See
back up
Search
riga

JOÃO PAULO II

XV JORNADA MUNDIAL DA JUVENTUDE

ANGELUS

Tor Vergata, Domingo - 20 de Agosto de 2000

 

No final desta Celebração Eucarística, levantamos o nosso pensamento para aquela «Mulher» de que nos falava S. Paulo na segunda leitura da Missa (Gal 4, 4), ou seja, para a Virgem Maria; na festa da sua Assunção, teve início esta décima quinta Jornada Mundial da Juventude. Com sua solícita presença materna, guiou estes dias romanos marcados por uma forte experiência de fé. A Ela, queremos testemunhar toda a nossa gratidão por aquele «Sim» que deu início à «aventura» da Redenção.

Ao mesmo tempo que peço à Virgem Santa para guardar os jovens e as jovens do mundo inteiro, agradeço cordialmente a todos vós que participastes nesta décima quinta Jornada Mundial da Juventude.

Saúdo e agradeço, em primeiro lugar, àqueles que organizaram este evento: o Pontifício Conselho para os Leigos, guiado pelo Cardeal James Francis Stafford; o Vigário de Roma e a Conferência Episcopal Italiana, chefiada pelo Cardeal Camillo Ruini; o Presidente e os membros do Comité Italiano da Décima Quinta Jornada Mundial da Juventude, bem como as comunidades paroquiais de Roma e das Dioceses vizinhas, com as suas associações, movimentos e grupos que, durante cerca de três anos, rezaram e trabalharam com entusiasmo na preparação deste acontecimento. Peço a todos que não deixem perder-se este rico património de tão bons frutos produzidos pelo seu trabalho comum.

Exprimo o meu agradecimento também às Autoridade públicas, que se prodigalizaram, com grande empenho, para conseguir que a complexa máquina organizativa da Jornada Mundial da Juventude funcionasse da melhor forma.

A minha grata saudação, enfim, para os numerosos Cardeais e Bispos presentes, para os sacerdotes, para as religiosas e os religiosos, para os educadores e para vós, jovens do mundo inteiro, «alegria e coroa minha» (Flp 4, 1).

Antes que esta grande e bela assembleia se disperse, desejo anunciar que o próximo Encontro Mundial dos Jovens realizar-se-á no Canadá, no Verão do ano Dois mil e dois. Ao mesmo tempo que convido desde já os jovens de todo o mundo a encaminharem-se para aquela meta, dirijo uma especial saudação à Delegação Canadiana que quis estar presente nesta celebração para recolher a passagem-de-testemunho da etapa futura. Sobre eles e sobre o encargo que hoje assumem, invoco a protecção da Virgem Santissima.

Nota: Seguem-se as saudações em diversas línguas.

 

 

© Copyright 2000 - Libreria Editrice Vaticana

 

top