The Holy See
back up
Search
riga

JOÃO PAULO II

ANGELUS

Domingo 17 de Setembro de 2000  

 

Antes de dar a bênção final, desejo mais uma vez saudar cada um de vós, caríssimos irmãos e irmãs anciãos, e convosco dar graças a Deus, que vos permitiu chegar ao Ano 2000 e celebrar o Grande Jubileu. A fé que renovastes e professastes nesta ocasião tão alegre para vós, vos dê sempre a paz e conforto, a vós e aos que vos são queridos.

Dirijo uma particular palavra de apreço a quantos se prestaram generosamente a acompanhar-vos e assistir-vos no vosso Jubileu. E como não sublinhar o contributo de milhares de coristas que, com os seus cânticos, tornaram tão bela e solene a celebração? As vossas vozes harmoniosas, caríssimos, subindo desta Praça para o céu, deram à nossa oração uma particular intensidade, que com certeza encontrou eco no coração de Deus. Verdadeiramente quem canta, reza duas vezes. Hoje nós, idosos, agradecemos aos jovens.

Dirijo uma cordial saudação aos fiéis de língua francesa, especialmente aos participantes no Jubileu da Terceira Idade. Possam os Apóstolos Pedro e Paulo, a quem viestes honrar e rezar, ajudar-vos a transmitir sempre com entusiasmo a vossa fé e experiência às jovens gerações. E a Virgem Maria vos acompanhe! Abençoo-vos de todo o coração.

É com grande afecto no Senhor que saúdo as pessoas de língua inglesa que participam no Jubileu da Terceira Idade. A presença serena de pessoas idosas é uma bênção para cada família e comunidade. Vós sois aqueles que lutaram longa e arduamente com vista a criar um mundo melhor para os jovens. Oxalá experimenteis o respeito amoroso e a atenção da parte dos vossos entes queridos! Deus vos abençoe sempre!

Com grande cordialidade dirijo hoje uma saudação aos anciãos de língua alemã, vindos a Roma para a peregrinação jubilar. Queridos anciãos, vivei a vossa terceira fase da vida com serenidade e alegria, praticando agora com mais intensidade a oração e as obras de caridade. Para isto dou-vos a minha Bênção Apostólica.

Saúdo cordialmente os diversos grupos da Terceira Idade de língua espanhola. Que esta peregrinação jubilar seja para todos uma ocasião privilegiada de dar graças a Deus por tantos dons recebidos, sobretudo a fé e a própria existência. Ao encomendar-vos à protecção da Virgem Maria e de São José, dou-vos com afecto a minha Bênção.

A todos vós, irmãos e irmãs, anciãos de língua portuguesa, faço votos por que vivais com paciente abandono os anos que o Senhor estabeleceu para cada um, sendo portadores de paz e alegria cristãs nos vossos lares e comunidades; sempre dispostos a dar testemunho da esperança que tendes em vós, pela fé em Cristo nosso Salvador.

Saúdo cordialmente as pessoas da Terceira Idade vindas a Roma, da Polónia e de outros Países do mundo, para participar nesta solenidade jubilar. Acolho também com afecto aqueles que se uniram a nós através da rádio e da televisão. A todos os meus compatriotas, que tiveram a possibilidade de viver tantos anos, desejo que - sustentados pela graça de Deus e pelo amor atencioso dos familiares - possam enriquecer o início do novo milénio com os frutos da sua experiência. Deus vos abençoe!

Que o exemplo e a intercessão da Virgem Santa ajudem todos os anciãos a ver também na Terceira Idade, uma chamada para cooperar com generosidade no desígnio do amor de Deus.

 

© Copyright 2000 - Libreria Editrice Vaticana

top