The Holy See
back up
Search
riga

JOÃO PAULO II

JUBILEU DOS CATEQUISTAS

ANGELUS

Domingo, 10 de Dezembro de 2000

 

1. Nestes dias, recordamos a aprovação, feita há 50 anos, do Estatuto do Ofício do alto Comissário das Nações Unidas para os Refugiados. É uma data importante para muitos que, obrigados a fugir dos próprios Países por causa da guerra e da perseguição, encontraram neste Programa protecção e assistência em todos os continentes.

É importante também, para quantos, homens e mulheres, ofereceram generosamente o tempo e a disponibilidade para além dos seus deveres de trabalho, para levar ajuda a estes refugiados em situações muitas vezes graves e perigosas. Para eles vai o agradecimento da comunidade intenarcional, com o compromisso de proteger a sua incolumidade e de fortalecer a obra humanitária também com o necessário contributo económico. Na solidariedade internacional e no diálogo político é possível encontrar soluções para que o acolhimento dos refugiados não seja demasiado gravoso em alguns países e eles encontrem nas instituições e nas estruturas públicas uma defesa dos seus direitos e das suas liberdades fundamentais.

2. Antes de concluir esta solene celebração, quero dirigir uma palavra de gratidão e de encorajamento a todos os catequistas e professores de religião, aqui presentes, e àqueles que estão espiritualmente unidos connosco. Obrigado, caríssimos, pelo impulso missonário e pelo zelo com que vos dedicais ao trabalho da catequese e do ensino religioso.

Precisamente para vos encorajar a prosseguir a vossa actividade com aquele espírito missionário que caracteriza a jornada jubilar de hoje, entregarei daqui a pouco a cinco pares de catequistas, em representação de todos os continentes, o Catecismo da Igreja Católica. Quero, com este gesto, sublinhar que, na variedade das línguas e das culturas, os catequistas são chamados a anunciar no mundo inteiro a mesma Verdade: Cristo, único Salvador do mundo, ontem, hoje e sempre.

3. Caros catequistas de língua francesa, saúdo-vos cordialmente no momento em que realizais uma caminhada jubilar. A Igreja conta particularmente convosco para dar a conhecer Cristo aos jovens, para os fazer amá-Lo e ajudá-los a viver em intimidade com Ele. Bebei, neste jubileu, a força e a audácia para transmitir incansável e pacientemente a mensagem da salvação! A todos concedo a Bênção apostólica.

Saúdo calorosamente os participantes anglófonos neste Jubileu dos Catequistas e Professores de Religião. Na Igreja tendes a grande tarefa e privilégio de colaborar na transmissão da fé na sua plenitude salvífica. Ao depositar simbolicamente o Catecismo da Igreja Católica nas vossas mãos, desejo convidar todas as pessoas comprometidas na pregação da fé, de forma especial os pais e os catequistas, a fazerem do Catecismo um recurso familiar e útil em casa, na paróquia e na escola. Maria, Sede da Sabedoria, vos sustente no vosso compromisso abnegado. Deus abençoe cada um de vós e as vossas famílias!

Saúdo os catequistas e professores de religião provenientes dos países de língua alemã; a matéria que vos é confiada não se pode ensinar só com palavras; a melhor lição que podeis dar aos vossos alunos é a do testemunho de vida que ensina a fé, ao mesmo tempo que a pratica. Para esta difícil missão vos acompanhe a bênção de Deus.

Apresento as boas-vindas aos catequistas de língua espanhola que participam neste Jubileu. Convido-vos a constituir-vos em mestres de espiritualidade acompanhando com o vosso testemunho pessoal toda a vida do cristão. Comunicai a autêntica sabedoria do Evangelho. Que Jesus Cristo esteja sempre no centro das vossas catequeses.

A minha saudação cordial a todos os catequistas e professores de religião, vindos dos países de língua portuguesa, a quem deixo, como recordação jubilar, o Catecismo da Igreja Católica, repetindo a cada um a ordem dada por Deus ao profeta Ezequiel: "Come este livro e vai falar aos teus irmãos"! Para vós e vossos alunos, a minha Bênção.

Saúdo cordialmente os catequistas da Polónia sacerdotes, religiosas e professores leigos. A Igreja confiou-vos a importante missão de transmitir o ensinamento de Cristo e dar testemunho do seu amor salvífico. Este encontro jubilar seja para vós tempo de especial abertura à luz e poder do Espírito Santo, a fim de que, fortificados pela graça, possais cumprir frutuosamente o vosso serviço apostólico no novo milénio. Deus vos abençoe e a todos os catequistas da Polónia.

4. Recitando em conjunto a oração do Angelus, confiamos mais uma vez à Mãe da Igreja os trabalhos de evangelização no mundo inteiro.

 

 

© Copyright 2000 - Libreria Editrice Vaticana

 

top