The Holy See
back up
Search
riga

JOÃO PAULO II

ANGELUS

Praça de São Pedro, 4 de Fevereiro de 2001

 

1. "Duc in altum Faz-te ao largo" (Lc 5, 4): Cristo dirigiu estas palavras a Pedro, depois de ele, juntamente com os seus companheiros, se ter cansado durante uma noite sem nada pescar.

Ouvimo-las no Evangelho da liturgia dominical de hoje: depois de ter pregado às multidões a partir da barca de Pedro, Jesus disse-lhe: "faz-te ao largo; e vós lançai as redes para a pesca" (Lc 5, 4). Confiando nEle, Simão e os outros apóstolos lançaram as redes e apanharam uma grande quantidade de peixe (Cfr. Lc 5, 5-6).

2. "Duc in altum Faz-te ao largo". Este convite do Senhor constitui a expressão chave, como que o "mote" da Carta apostólica "Novo millennio ineunte No início do novo milénio", que, como estais lembrados, assinei na última solenidade da Epifania, durante a celebração que concluiu o Grande Jubileu.

Como Sucessor de Pedro sinto o dever de me fazer eco desta palavra de Cristo a toda a Igreja. Cristo, que "é o mesmo ontem, hoje e sempre" (Heb 13, 8), impele cada Comunidade eclesial a "fazer-se ao largo" a caminhar com esperança no novo milénio que se abre diante de nós como um vasto oceano em que temos de nos aventurar (Cfr Novo millennio ineunte, 58). Com efeito, o imenso tesouro de graça recebido ao longo de todo o Jubileu, pede agora para ser traduzido num zelo pelos propósitos e em concretas linhas de acção.

"Duc in altum Faz-te ao largo" (Lc 5, 4), repito hoje a cada Bispo e a cada comunidade diocesana. É este o momento favorável para um novo impulso espiritual e pastoral, não sem veleidades, mas baseado sobre a forte e profunda experiência da graça, vivida no tempo jubilar.

Caríssimos Irmãos e Irmãs, olhemos para a Virgem, que é para nós modelo de indómita esperança. Depois de ter acolhido o anúncio do Anjo e haver concebido o Verbo feito carne, Ela sem demora, pôs-se em viagem para visitar a prima Isabel, avançada em anos e necessitada do seu auxílio (Cfr Lc 1, 39).

Também a Igreja, depois de ter vivido intensamente o mistério da Incarnação com o Jubileu, é agora chamada "a fazer-se ao largo", para que Cristo apanhe os homens e os povos de cada continente. Ela segue o exemplo de Maria e conta com a sua ajuda e intercessão. Dirijamo-nos a Ela, confiantes, com a oração do Angelus.


Depois do Angelus

Celebra-se hoje, na Itália, a vigésima terceira Jornada para a Vida, encontro de sensibilização sobre o valor da vida humana e sobre as ciladas que, infelizmente, a ameaçam. Associo-me de boa vontade aos Bispos italianos, que na sua mensagem escolheram para tema: "Cada filho é palavra", para recordar que cada filho é palavra dita aos pais, chamados a acolhê-la e a compreendê-la, e é palavra dirigida à sociedade, à qual dá o próprio contributo e da qual espera ser ajudado no seu desenvolvimento.

Enquanto exprimo o meu apreço por aqueles que mais directamente trabalham no serviço das crianças, dos doentes e dos anciãos, saúdo com afecto todos os fiéis de Roma que aqui vieram, orientados pelo Cardeal Vigário e por alguns Bispos Auxiliares.

Diocese de Roma dedica uma especial atenção à Jornada para a Vida e prolonga-a na "Semana da vida e da família", que atinge neste ano a sua oitava edição. Desejo um bom êxito a esta iniciativa e encorajo a actividade dos consultores, das associações e dos movimentos empenhados no auxílio da vida e da família.

Saúdo, além disso, os crismandos da paróquia de São Roque de Vernazza, em Génova.

Uma cordial saudação a todos os fiéis da paróquia de Santa Brígida, em Viena, e a todos os presentes dos Países de língua alemã. O Senhor reforce a vossa fé e vos acompanhe na vossa vida. A todos vós a minha Bênção Apostólica.

Saúdo cordialmente os peregrinos de língua espanhola, de modo particular os grupos das paróquias de São Lourenço, Santo André e El Esparragal de Múrcia. Que Deus vos abençoe na vossa vida familiar e profissional e deis prova de adesão a Cristo e à sua Igreja. Obrigado.

A todos desejo um bom Domingo!

 

© Copyright 2001 - Libreria Editrice Vaticana

 

top