The Holy See
back up
Search
riga

JOÃO PAULO II

ANGELUS

Domingo, 10 de Junho de 2001

 

1. Antes de concluir esta solene Concelebração, dirijamos o olhar para a Virgem Maria, Rainha de todos os Santos. A sua existência, humilde e sublime, é uma obra prima da Santíssima Trindade e representa para todos os baptizados a "medida alta" da vida cristã, para a qual devemos tender com empenho confiante.

2. Saúdo Sua Beatitude o Cardeal Sfeir, Patriarca maronita, os bispos, sacerdotes, religiosos e religiosas, assim como os representantes das Autoridades e todos os fiéis libaneses presentes na canonização da Irmã Rafqa. Dirijo as minhas cordiais saudações aos membros da Ordem libanesa maronita, que vêem uma das suas Irmãs elevada à glória dos altares. É para elas um apelo particular a andar de maneira nova no caminho da santidade, por uma vida cada vez mais conforme ao Evangelho! Lembrem-se todos de que o testemunho de cada dia, fundado sobre uma vida em intimidade com Cristo, é um meio incomparável para a evangelização.

As minhas calorosas boas-vindas aos peregrinos de língua inglesa e encorajo-os a seguir o exemplo destes novos Santos, com confiança e generosidade. Agradeço-vos pela vossa devota presença.

Saúdo com afecto todos os féis de língua espanhola que participaram nesta Celebração em honra dos novos Santos. O seu exemplo e intercessão sejam para todos uma ajuda eficaz no caminho para a santidade.

Saúdo os Cardeais Dionísio Tettamanzi, Salvatore De Giorgi, Giovanni Canestri, juntamente com os Bispos, sacerdotes, religiosos e religiosas e os numerosos fiéis italianos vindos para honrar a memória dos novos Santos. Dirijo o meu grato pensamento às Autoridades que quiseram unir-se a esta celebração. A chamada à santidade é universal, porque santo é o nosso Pai que está nos céus. A festa de santidade, de hoje, acrescente em cada um a força para cumprir tão exigente como sublime caminho.

3. Dirijo um especial pensamento aos jovens trabalhadores que deram vida, nestes dias, a Bari, para uma grande festa com o tema "jovens e trabalho". Caros jovens, desejo que sejais protagonistas no mundo do trabalho, enfrentando cada dificuldade com confiança. Não vos resigneis a modelos económicos que excluem ou exploram os mais fracos, mas empenhai-vos para que o trabalho seja sempre digno para a pessoa, as famílias e a sociedade.

Maria, que invocamos com a oração do Angelus, vos conserve a todos sob a sua materna protecção.

© Copyright 2001 - Libreria Editrice Vaticana

 

top