The Holy See
back up
Search
riga

JOÃO PAULO II

ANGELUS

Domingo, 9 de Setembro de 2001

 

Caríssimos Irmãos e Irmãs

1. Quero convidar-vos, hoje, a rezar por alguns acontecimentos eclesiais importantes, que se realizarão proximamente. Desejo referir-me, antes de mais, à breve mas intensa visita pastoral que terei a alegria de realizar, se Deus quiser, à Diocese de Frosinone-Veroli-Ferentino na manhã do próximo domingo. Será um grande prazer para mim encontrar as queridas populações da Ciociaria, às quais desde já dirijo uma calorosa saudação.

No sábado 22 de Setembro partirei, desta vez, para uma Viagem Apostólica, que me levará ao Cazaquistão e à Arménia, duas Repúblicas da ex-União Soviética, que se tornaram independentes há dez anos. O Cazaquistão, um dos primeiros Países do mundo por superfície, encontra-se nos limites dos continentes europeu e asiático e a sua população é formada por mais de cem etnias e culturas diversas. A Arménia é a pátria de um dos povos mais antigos do próximo Oriente, que abraçou oficialmente o cristianismo há já 17 séculos e é depositária de um património religioso e cultural de riquezas singulares. Faço votos de todo o coração a fim de que esta minha visita contribua para a causa da nova evangelização e do diálogo ecuménico.

2. De 30 de Setembro a 27 de Outubro terá lugar no Vaticano a X Assembleia Geral Ordinária do Sínodo dos Bispos, para reflectir sobre o ministério episcopal no hoje da Igreja e do mundo. "O Bispo, servidor do Evangelho de Jesus Cristo para a esperança do mundo", é o tema escolhido para tal encontro, de grande importância para toda a Igreja e que verá confluir a Roma Bispos de todos os continentes.

O principal ponto de referência dos trabalhos sinodais será o Concílio Ecuménico Vaticano II, que esclareceu amplamente o ofício pastoral dos Pastores no Decreto Christus Dominus. O ensinamento conciliar será relido à luz das últimas décadas e sobretudo na perspectiva da nova evangelização, como de resto sugere o próprio tema. A palavra evangélica "Duc in altum faz-te ao largo" (Lc 5, 6), que propus como lema para o início do novo milénio, dirige-se primeiramente aos Bispos, sucessores dos Apóstolos e chama-os a comprometerem-se com confiança nesta nova estação missionária da Igreja.

3. Para cada um destes encontros e para toda a vida da Comunidade eclesial invoquemos a assistência especial de Maria Santíssima, cuja Natividade ontem celebrámos. Como Estrela da evangelização e Rainha dos Apóstolos, a Virgem Santa vele sobre todos os crentes e obtenha para cada um a abundância dos dons do Espírito Santo.


Saudações


Saúdo cordialmente os peregrinos de língua portuguesa, com votos de que esta vinda a Roma vos confirme na fé e na necessidade de a transmitir aos outros, porque é dando a fé que ela se fortalece. A Santíssima Virgem guie maternalmente os vossos passos. Acompanho estes votos com a minha Bênção Apostólica.

Em particular, saúdo a Associação Amigos do Parque Regional dos Castelos Romanos e os membros da Associação Nacional dos Carabineiros Secção de Castelgandolfo, que trazem consigo a imagem da "Virgo Fidelis", patrona celeste da benemérita Arma dos Carabineiros.

Saúdo o grupo dos Escuteiros "Albano due", os representantes do AIDO de São Bonifácio e os fiéis vindos da Sardenha. Saúdo, por fim, as Irmãs de Santa Brígida, vindas aqui na ocasião do nonagésimo aniversário da fundação do seu Instituto: desejo a cada uma, especialmente às novas professas, que conformem constantemente a sua vida com os ensinamentos da Madre Fundadora.

Concedo-vos a todos a minha Bênção, com o desejo de um bom domingo.

 

© Copyright 2001 - Libreria Editrice Vaticana

 

top