The Holy See
back up
Search
riga

VIAGEM APOSTÓLICA AO AZERBAIJÃO E À BULGÁRIA

JOÃO PAULO II

ANGELUS

Plovdiv, 26 de Maio de 2002

 

Caríssimos Irmãos e Irmãs

1. No termo da nossa celebração, dirijamo-nos à Mãe do Senhor, a Toda Santa, presente no meio de nós na amada representação do santo Ícone de Backovo.

Juntamente convosco, vou em peregrinação espiritual àquele Mosteiro e aos numerosos Santuários que lhe são dedicados e que se espalham pela vossa Terra, e repito-lhe a saudação que o Anjo lhe dirigiu: "Alegra-te, ó cheia de graça!" (Lc 1, 28).

2. Humilde serva do Pai, Esposa fiel do Espírito, Mãe puríssima do Filho que se fez homem, Maria refulge diante de nós como modelo de vida cristã. Na sua escola, aprendem-se o silêncio, a escuta e o serviço, características fundamentais da vida do discípulo.

Também hoje, no nosso mundo inquieto e com frequência confuso, o silêncio ajuda a criar espaço à Palavra salvífica, a escuta ensina a atenção e a ternura, e o serviço gratuito e generoso suscita fermentos de vida solidária e fraternal.

3. Com a sua poderosa intercessão, que a Virgem Maria vos leve a descobrir em cada dia a vossa dignidade de filhos de Deus, vos dê a disponibilidade para cumprir a vontade do Pai e para acolher os dons do Espírito, conservando em vós um coração límpido e abnegado, capaz de se abrir para as necessidades dos irmãos.

A Ela, Mãe de caridade imensa, dádiva preciosa de Cristo crucificado, peço que interceda por vós e pelas vossas famílias, a fim de que se conserve íntegra a vossa fé, se revigore a vossa esperança, e a vossa caridade seja credível e eficaz.

Maria vele sobre este povo cristão que está na Bulgária, para que saiba seguir o seu Filho com coragem e compromisso, testemunhando-o diante do mundo com a transparência da vida e das obras!


Saudações

Saúdo afectuosamente os Agostinianos da Assunção, que se reuniram aqui, provenientes de diferentes países para celebrar as grandes obras realizadas pelo Senhor na vida dos seus irmãos mártires: Kamen, Pavel e Josafat, hoje proclamados Beatos.

Na fidelidade ao lema do vosso Fundador, Padre Emanuel de Alzon: "Venha a nós o vosso Reino!", sede intrépidos e generosos na missão de anunciar a Boa Nova da salvação!

Abençoo-vos a todos do íntimo do coração, sem esquecer as Religiosas das Congregações da Família da Assunção, e todos aqueles que vos acompanham.

Saúdo com afecto os Bispos e os fiéis de língua romena.
Caríssimos, conservo sempre viva na mente a recordação da minha visita à vossa querida terra e da calorosa hospitalidade que me reservastes. Foram três dias de comunhão intensa.
E digo-vos a todos: tende o vosso olhar fixo em Cristo. Ele chama-nos a ser corajosas testemunhas do seu Evangelho. É do íntimo do coração que vos abençoo a todos!

Dirijo palavras de bênção e de saudação a todos os fiéis sérvios. Cristo, nosso Senhor, com a luz do Evangelho, ilumine sempre a vossa vida.

É-me grato dirigir uma saudação cordial aos peregrinos croatas aqui presentes. A vocação cristã à santidade seja uma inspiração constante para a vossa vida e as vossas obras.

Quero saudar de modo muito cordial também os peregrinos checos presentes neste lugar, enquanto os acompanho com a minha Bênção.

Depois, é de todo o coração que saúdo os meus compatriotas que se encontram aqui e que o destino da história uniu de maneira duradoura à Bulgária, tão querida ao coração dos polacos. Peço a Deus que, conservando o património da fé dos vossos pais e as vossas próprias tradições, estejais sempre prontos a colaborar activamente com todos os grupos étnicos e com cada uma das religiões presentes neste País. Na oração, confio-vos a todos à particular protecção da Mãe de Deus. Que Deus vos abençoe!

Agradeço a vossa calorosa hospitalidade! Deus vos abençoe. Obrigado!

 

© Copyright 2002 - Libreria Editrice Vaticana

 

top