The Holy See
back up
Search
riga

JOÃO PAULO II

ANGELUS

Domingo, 9 de Junho de 2002

 

Caríssimos Irmãos e Irmãs!

1. Hoje de manhã, em Ravena, na insigne basílica bizantina de Santo Apolinário "in Classe", testemunha da época em que a Igreja do Oriente e a do Ocidente viviam em plena comunhão, o Patriarca Ecuménico, Sua Santidade Bartolomeu I, celebrou uma solene Liturgia. Dirijo-lhe a minha saudação fraterna.

Graças a uma especial ligação televisiva com Veneza, amanhã poderei assinar juntamente com ele uma "Declaração" conjunta para a salvaguarda da criação. Este acontecimento, que se realiza poucos meses depois do Dia de Oração pela paz celebrado em Assis, onde o Patriarca ecuménico estava ao meu lado, é outro exemplo daquela partilha de intenções que anuncia uma comunhão renovada e plena. Ravena e Veneza interpelam-nos com a sua própria história e encorajam-nos a prosseguir o caminho rumo à plena unidade entre o Oriente e o Ocidente cristãos.

2. Será inaugurada amanhã em Roma a "Reunião Mundial sobre a Alimentação", que reunirá na sede da FAO Chefes de Estado e de Governo do mundo inteiro.

Milhões de pessoas, que quotidianamente sofrem devido à fome e à subalimentação, esperam deste encontro uma confirmação dos empenhos assumidos a este propósito em 1996.

Oxalá Deus abençoe este encontro e ilumine os Responsáveis das Nações, para que saibam exprimir as legítimas aspirações dos povos e dar um renovado impulso à luta da comunidade internacional contra a fome.

3. Confiamos estes dois acontecimentos à materna protecção de Maria Santíssima.
No final da alocução mariana, Sua Santidade saudou os vários grupos de peregrinos presentes na Praça de São Pedro e fez um premente apelo em favor da população de Angola, vítima de uma dramática crise humanitária:

O meu pensamento dirige-se hoje para a querida população angolana que, depois dos sofrimentos de uma longa e sanguinolenta guerra civil, está a enfrentar uma dramática crise humanitária por falta de alimentos e dos cuidados médicos mais elementares, e devido ao perigo constante das minas anti-homem, que se encontram em todo o território.

Rezemos para que o Senhor ilumine todos os que têm possibilidades de contribuir para a superação desta tragédia, e os estimule a trabalhar para que os recursos do País possam beneficiar todos os seus habitantes e constituir uma ajuda para a África inteira.

Saúdo-vos com afecto a vós, queridas crianças e jovens, que esta manhã realizastes, na Via da Conciliação, a iniciativa "Stradacalciando" (jogar à bola na rua), promovida pelo Sector Juvenil e Escolar da Federação Italiana "Giuoco Calcio", para sensibilizar a opinião pública sobre os direitos das crianças. Sede sempre testemunhas de fraternidade no desporto e em qualquer ambiente!

A Igreja aparece-nos, como sempre, comprometida na promoção de todos os homens e do homem todo. Na figura do Padre Pio, ela exalta a força do espírito que eleva o homem até Deus e o torna modelo de virtudes para os outros homens.

Mas o homem precisa de pão para viver e a Igreja colabora com a FAO para que os alimentos não faltem aos povos, famílias, crianças, jovens e adultos. Em Roma teve lugar mais uma reunião da FAO e a Igreja esteve presente, deixando uma mensagem: "Hoje é mais urgente do que nunca que, nas relações internacionais, a solidarieddae se torne o critério inspirador de todas as formas de cooperação, tendo em conta o destino universal dos bens que Deus criador nos confiou".
Este Organismo pretende diminuir para metade e até 2015 o número de pessoas que passam fome. O Papa chama a este desiderato "um desafio grandioso, em que a Igreja também está comprometida na linha de vanguarda". E se "a segurança alimentar" pudesse chegar à erradicação total da fome? Impossível? Deus quer e o homem sonha. Por isso, o milagre pode acontecer.

 

© Copyright 2002 - Libreria Editrice Vaticana

 

top