The Holy See
back up
Search
riga

JOÃO PAULO II

ANGELUS

Solenidade da Epifania, 6 de Janeiro de 2003

 

 

Caríssimos Irmãos e Irmãs!

1. Hoje, solenidade da Epifania do Senhor, o Menino nascido na noite de Belém manifesta-se ao mundo como luz de salvação para todos os povos. Alguns Magos narra o Evangelho de São Mateus vieram do Oriente, adoraram o Menino e ofereceram-lhe ofertas simbólicas: ouro ao Rei, incenso a Deus, e mirra ao Homem que será sepultado. Os Padres da Igreja associaram muito depressa a este episódio outros dois, em que Jesus manifestou a sua glória:  o Baptismo no rio Jordão e as núpcias de Caná.

Estes dois acontecimentos da vida de Cristo pertencem ao novo ciclo dos mistérios do Rosário os mistérios da luz propostos recentemente à meditação de todos os fiéis. Por conseguinte, com o olhar de Maria, contemplamos estes mistérios na Epifania do Senhor, luz e salvação do mundo.

2. Na solenidade de hoje emerge a vocação universal e missionária da Igreja. Ela está chamada a difundir no mundo a luz da Boa Nova, fonte de vida e de renovação para todas as pessoas e para a humanidade. É esta, em particular, a tarefa dos Apóstolos e dos seus sucessores, os Bispos; por isso esta manhã, como no passado, quis ordenar alguns novos Bispos.

Renovo-lhes a minha cordial saudação, assim como aos seus familiares e a todos os que os acompanham. Convido-vos a todos a rezar por eles, para que sejam sempre "epifania" de Cristo, Caminho, Verdade e Vida.

3. O Evangelho conta que uma estrela guiou os Magos até Jerusalém e depois até Belém. As profecias antigas comparam o futuro Messias com um astro celeste. Foi também atribuído a Maria este emblema:  se Cristo é a estrela que conduz a Deus, Maria é a estrela que leva até Jesus.

Confiemos hoje à sua materna protecção os novos Bispos e todo o povo cristão.

Convido-vos a rezar, de maneira especial, pelos queridos irmãos e irmãs das Igrejas Orientais que, seguindo o calendário juliano, celebram nestes dias o santo Natal. A todas estas Comunidades eclesiais o Senhor, que nasceu para nós da Virgem Mãe, conceda serenidade e paz.

Saudação: 

Celebra-se este ano o 160º aniversário de fundação da Obra da Santa Infância, presente hoje em mais de cem nações. Ela propõe às crianças que rezem e ofereçam gestos de solidariedade concreta, mesmo com sacrifício pessoal, em benefício dos seus coetâneos que ainda não conhecem Jesus e vivem em situações difíceis. Agradeço a todos estes "pequeninos missionários" o seu contributo para a difusão do Evangelho e faço votos para que saibam testemunhá-lo todos os dias com a sua vida.

Saúdo os peregrinos presentes, sobretudo os participantes no cortejo histórico-folclórico "Viva la Befana", provenientes de alguns municípios da região de Viterbo Castel Sant'Elia, Cività Castellana, Faleria e Nepi (n.d.r., Itália) e acompanhados pelos respectivos Presidentes da Câmara Municipal.

Desejo a todos que a luz de Cristo ilumine todos os dias do ano que há pouco começou.

 

© Copyright 2003 - Libreria Editrice Vaticana

 

top