The Holy See
back up
Search
riga

 JOÃO PAULO II

ANGELUS

Domingo, 29 de Junho de 2003
 

 

 

Caríssimos Irmãos e Irmãs

1. Estamos a celebrar a solenidade dos Santos Apóstolos Pedro e Paulo, que veneramos como as "colunas" da Igreja.

Hoje está em festa, de modo especial, a Diocese de Roma, que mergulha as suas raízes no testemunho destes dois grandes Apóstolos. Pedro, escolhido por Cristo como "rocha" sobre a qual construir a sua Igreja, foi crucificado não distante da colina do Vaticano, e o seu túmulo constitui o centro simbólico da fé católica. Paulo, decapitado nas portas de Roma, é modelo de evangelização, enquanto as suas Cartas, que correspondem a uma boa parte do Novo Testamento, não cessam de atrair a Cristo homens e mulheres de todos os tempos.

Agradeço de coração a quantos, nesta solenidade, asseguram orações especiais pelo Bispo de Roma, Sucessor de Pedro, e todos aqueles que, com a sua ajuda, colaboram concretamente para o seu serviço ao Povo de Deus.

2. Como em todos os anos, às 18.00 horas desta tarde, presidirei na Praça de São Pedro à solene Concelebração Eucarística, durante a qual imporei sobre numerosos Arcebispos Metropolitanos o sagrado Pálio, sinal de comunhão com a Sé Apostólica.

Segundo uma tradição já habitual, que é motivo de grande alegria, estará presente a Delegação do Patriarca Ecuménico, Sua Santidade Bartolomeu I. O intercâmbio de delegações entre Roma e Constantinopla, por ocasião das respectivas solenidades patronais, vai muito além de um acto de cortesia eclesial. Ele reflecte a intenção, profunda e enraizada, de restabelecer a plena comunhão entre Oriente e Ocidente. Agradeço ao Patriarca Bartolomeu, que confiou aos ilustres membros da sua Delegação a tarefa de o representar.

3. O Senhor faça com que, graças também a estas permutas, consolidadas pela oração incessante, possamos alcançar quanto antes a plena unidade dos discípulos de Cristo.

Maria proteja e oriente as nossas Comunidades eclesiais, a fim de que sigam sempre o ensinamento dos Apóstolos, dos quais receberam o primeiro anúncio da fé.

Por fim, saúdo cordialmente quantos vivem em Roma, com os bons votos de uma tranquila festa dos Santos Padroeiros desta Cidade. Faço minhas as palavras do Apóstolo Paulo:  "Graça e paz vos sejam dadas da parte de Deus, nosso Pai, e do Senhor Jesus Cristo" (Rm 1, 7).

Desejo a todos uma boa festa e um bom domingo!

 

 

© Copyright 2003 - Libreria Editrice Vaticana

 

top