The Holy See
back up
Search
riga

JOÃO PAULO II

REGINA CAELI

27 de Abril de 2003

 

1. No final desta solene celebração, desejo saudar-vos a todos vós, queridos Irmãos e Irmãs, que viestes de várias partes da Itália e do mundo para prestar homenagem aos novos Beatos e para exprimir a vossa devoção à Misericórdia Divina.

Saúdo, de modo particular, os Cardeais, os Bispos, os sacerdotes presentes, assim como as numerosas Irmãs e os grupos de peregrinos.

Saúdo ainda os Sacerdotes, as Religiosas e os fiéis que animam o Centro de Espiritualidade da Misericórdia Divina, activo há dez anos aqui em Roma na igreja de Santo Espírito "in Sassia".

2. Dirijo uma cordial saudação aos peregrinos da Áustria, vindos a Roma para a beatificação do Padre Marco d'Aviano, muito honrado em Viena. A sua fé inabalável e o seu amor filial à Mãe de Deus irradiavam-se sobre os homens. Deixai-vos guiar pelo exemplo deste novo Beato e levai ao mundo a luz do Ressuscitado.

Saúdo o grupo da Acção Católica, a Associação Juvenil KSM, o Coro da Academia de Música de Poznan. Unimo-nos hoje na oraçao com o santuário da Misericórdia Divina de Lagiewniki de Cracóvia, pedindo as graças necessárias  para  nós  e  para  todo  o mundo. O beato Marco d'Aviano está relacionado também com a nossa história ele é o Legado que, depois da vitória de João Sobieski sobre os turcos em  Viena,  levou  ao  Pontífice  a  seguinte mensagem do rei:  Veni, vidi, Deus vicit!

3. Jesus ressuscitado encontra no Cenáculo os discípulos e oferece-lhes o dom pascal da paz e da misericórdia. Compreende-se bem, ao meditar a página evangélica de hoje, como a verdadeira paz surja de um coração reconciliado, que tenha conhecido a alegria do perdão e, por isso, esteja pronto a perdoar. A Igreja, recolhida espiritualmente também hoje em oração no Cenáculo, apresenta ao seu Senhor as alegrias e as esperanças, os sofrimentos e as angústias de todo o mundo. E ele oferece como remédio eficaz a "Misericórdia Divina", pedindo aos seus ministros que se façam seus instrumentos generosos e fiéis.

4. Juntamente com os novos Beatos, que nos indicam o caminho que devemos seguir confiando sempre na ajuda do Senhor, está espiritualmente presente entre nós Maria, a Rainha dos Apóstolos e de todos os Santos. Invoquemo-la hoje, de modo particular, como Mãe da Misericórdia Divina, rezando por toda a família humana, conscientes de que o mundo só pode encontrar a paz na misericórdia de Deus. Confiemos a Maria, de modo particular, as Igrejas do Oriente que celebram neste domingo a Páscoa da Ressurreição.

Regina caeli...

 

© Copyright 2003 - Libreria Editrice Vaticana

 

top