The Holy See
back up
Search
riga

 VIAGEM APOSTÓLICA DO PAPA JOÃO PAULO II À CROÁCIA

ALOCUÇÃO MARIANA NO TERMO
 DA SANTA MISSA DE PENTECOSTES

Rijeka, 8 de Junho de 2003

 

1. No final desta solene celebração, desejo saudar de modo particular os jovens da Croácia. Vós bem o sabeis, queridos amigos:  o Papa olha para vós com confiança e esperança, e renova-vos o convite a ser sentinelas da manhã, povo das bem-aventuranças, como vos defini durante as recentes Jornadas Mundiais da Juventude.

A vós, que com a vida familiar e profissional para a qual vos preparais, vos serão confiadas grandes responsabilidades para o bem da sociedade civil e eclesial, recordo que o homem vale por aquilo que é e não pelo que faz ou possui; que pequenas metas nunca saciarão a sede de felicidade e de plenitude encerrada no vosso coração; que a missão confiada pela Providência a cada um de vós não poderá ser desempenhada por mais ninguém. Fazei do Senhor Jesus, ouvido e seguido como Mestre de vida, o Companheiro do vosso caminho!

2. Saúdo os fiéis de língua italiana, sobretudo as famílias aqui reunidas. O Espírito do Senhor fortaleça os vínculos que vos unem e vos torne, no mundo, testemunhas do amor fiel e gratuito de Deus!

Dirijo a minha saudação cordial aos peregrinos provenientes da Eslovénia:  ao recordar as minhas visitas ao vosso País, convido todos a tornar-vos disponíveis ao dom do Espírito Santo, que no Pentecostes o Senhor Jesus derrama sobre a sua Igreja. Com a minha Bênção.
Saúdo os fiéis de língua alemã, com votos de que a graça de Deus ampare os seus passos no caminho da fraternidade e da paz. Abençoo-vos a todos de coração.

Dirijo um pensamento particular aos peregrinos de língua albanesa. Deus Omnipotente vos cumule do seu conforto com o dom do Espírito que vem do alto.

Saúdo com afecto os meus concidadãos: a Mãe de Deus vos guie para o seu Filho, e vos faça conhecer os tesouros do seu Coração. Com a minha Bênção.

3. Dirigindo agora o nosso olhar para Maria, reunida no Cenáculo com os Apóstolos, contemplemo-la como Mãe da Igreja, atenta e solícita para com todos os seus filhos.

Peçamos-lhe que obtenha, com a sua poderosa intercessão, para todo o povo de Deus a docilidade às inspirações do Espírito Santo, a força da coerência da fé, a coragem do testemunho em todas as circunstâncias da vida.

 

© Copyright 2003 - Libreria Editrice Vaticana

 
top