The Holy See
back up
Search
riga

VIAGEM APOSTÓLICA DE JOÃO PAULO II À SUÍÇA

ANGELUS

6 de Junho de 2004

 

 

1. No final desta celebração, gostaria de ir em peregrinação espiritual aos numerosos Santuários e igrejas que, também na Suíça, são dedicados a Maria.

Penso de maneira particular na Abadia de Einsiedeln, nos Santuários de Nossa Senhora "del Sasso", de Nossa Senhora de Bouruillon, de Nossa Senhora de Vorbourg. Destes lugares, Santa Maria vela sobre os vales e sobre os condados do vosso País, ajudando os fiéis a conservar e aumentar os bens preciosos da fé, da esperança e do amor.

2. À Virgem Santa, renovo neste dia o acto de confiança do Povo suíço. Maria vele sobre as famílias, guardando o amor conjugal e sustentando a missão dos pais. Conforte os idosos e ajude-os a não fazer faltar à sociedade a sua contribuição inestimável. Alimente nos jovens o sentido dos valores e o compromisso na sua busca. Obtenha para toda a comunidade nacional a vontade constante e concorde de construir em conjunto um país próspero e pacífico e, ao mesmo tempo, atento e solidário para com quantos se encontram em dificuldade.

3. Gostaria de confiar a Maria, de modo especial, a juventude da Suíça, para a qual o Papa olha com carinho e gratidão. Com efeito, desde há cinco séculos são os jovens deste País que asseguram ao Sucessor de Pedro e à Santa Sé o precioso e estimado serviço da Pontifícia Guarda Suíça. Na fidelidade generosa dos Guardas Suíços, todos podem admirar o espírito de fé e de amor à Igreja, por parte de um grande número de católicos suíços.

4. Enfim, a Virgem Santa ajude a vossa Nação a conservar a harmonia e a unidade entre os vários grupos linguísticos e étnicos que a compõem, valorizando a contribuição de cada um.

Saúdo cordialmente todos os polacos que vivem neste País maravilhoso. Formulo-vos votos a fim de que a Suíça continue a ser hospitaleira tanto para convosco como para com as outras minorias étnicas.

Procurai colaborar para o bem deste País. Sede fiéis a Deus e à tradição dos nossos antepassados.
Deus vos abençoe!

Com estes sentimentos, recitemos agora juntos a oração do Angelus, que é um compêndio admirável de todo o Evangelho.


Depois do Angelus

É com imensa alegria que, uma vez mais, vos digo: obrigado, Suíça! Obrigado à Comissão organizadora deste encontro dos jovens. Dirijo um agradecimento especial ao coro. Agradeço a todos vós que viestes aqui dos diversos Cantões.

A vossa presença aqui enche-me de grande alegria!

Que o Senhor vos abençoe e permaneça convosco por toda a eternidade!

 

© Copyright 2004 - Libreria Editrice Vaticana   

 

top