The Holy See
back up
Search
riga

JOÃO PAULO II

ANGELUS

 Les Combes, 11 de Julho de 2004

 

Caríssimos Irmãos e Irmãs

1. Saúdo com afecto todos vós, que viestes a Les Combes para compartilhar comigo o tradicional encontro dominical do Angelus. Agradeço sinceramente ao Presidente da Câmara Municipal de Introd e aos seus colaboradores a amável hospitalidade, assim como às Autoridades regionais e provinciais e a quantos nestes dias estão a assegurar, para mim e para os meus colaboradores, uma tranquila permanência entre estas risonhas montanhas do Vale de Aosta.

Dirijo uma saudação particular e um agradecimento cordial ao Bispo de Aosta, D. Giuseppe Anfossi, bem como a toda a Comunidade eclesial do Vale. Penso com afecto especial nos doentes e naqueles que se encontram em maiores dificuldades e necessidades.

Saúdo o Cardeal Arcebispo de Turim e os Irmãos Bispos, e agradeço-lhes a sua presença.
2. Neste oásis de tranquilidade, diante do maravilhoso espectáculo da natureza, experimenta-se facilmente como é profícuo o silêncio, um bem hoje cada vez mais raro. As múltiplas oportunidades de relacionamento e de informação que a sociedade moderna oferece, às vezes correm o risco de tirar espaço ao recolhimento, a ponto de tornar as pessoas incapazes de reflectir e de rezar. Na realidade, somente no silêncio o homem consegue ouvir no íntimo da consciência a voz de Deus, que verdadeiramente o torna livre. E as férias podem ajudar a descobrir de novo e a cultivar esta indispensável dimensão interior da existência humana.

3. Modelo perfeito de escuta de Deus, que fala ao coração humano, é certamente Maria Santíssima. Dirijamo-nos a Ela, pensando nos santuários marianos do Vale de Aosta e nas imagens da Virgem, que se encontram nos caminhos e ao longo das veredas. De modo particular, abençoo a imagem no alto de "Nossa Senhora do Grande Paraíso", restaurada cinquenta anos depois da sua colocação naquela montanha majestosa. Maria, que daqui a poucos dias celebraremos como Rainha do Monte Carmelo, nos ajude a vislumbrar na beleza da criação um reflexo da glória divina, e nos encoraje a tender com toda a energia para o ápice espiritual da santidade.


Depois do Angelus

Desejo dirigir uma palavra de especial reconhecimento à Comunidade salesiana de Les Combes. Estendo a minha saudação aos Salesianos de Lombriasco (Turim), hoje presentes aqui connosco.

Saúdo cordialmente os fiéis francófonos presentes aqui hoje de manhã para a oração do Angelus, em particular os Religiosos da Abadia de Saint-Benoît, de Port-Valais. Desejo-vos a todos um bom período de Verão. Com a minha Bênçao Apostólica.

Saúdo todos os peregrinos presentes, de modo particular as Religiosas italianas, malgaxes e marfinenses, que nos próximos dias participarão num encontro internacional da Federação Italiana de São José.

Além disso, saúdo o Movimento "Famílias Novas", da Itália e de outros países.

Por fim, saúdo os polacos aqui presentes, mas deste lugar de extraordinária beleza, situado aos pés do Monte Branco, dirijo uma saudação especial às montanhas da minha juventude:  aos Montes Tatra, Montes Beskidy e aos Montes Bieszczady, bem como a todos os seus habitantes. Deus abençoe todos os meus compatriotas!

Desejo a todos vós um bom domingo e boas férias!

 

© Copyright 2004 - Libreria Editrice Vaticana   

 

top