The Holy See
back up
Search
riga

JOÃO PAULO II

REGINA CAELI

 Domingo 9 de Maio de 2004

 

1. Durante o mês de Maio, o Povo de Deus sente a necessidade de intensificar a própria devoção a Maria, cuja presença materna é amparo para os cristãos e para o mundo inteiro.

A partir do momento em que a Jovem de Nazaré pronunciou o seu "fiat", o seu "coração virginal e ao mesmo tempo materno, sob a particular acção do Espírito Santo, seguiu sempre a obra do seu Filho e de quantos Cristo abraçou e continua a abraçar no seu amor inexaurível" (Redemptor hominis, 22). Por conseguinte, se a misericórdia de Cristo é inesgotável, também o coração imaculado da sua Mãe é "maternalmente inexaurível" (cf. ibid.).

2. Na Cruz Jesus quis alargar, de modo facilmente acessível a todos, a maternidade espiritual de Maria oferecendo-lhe o discípulo predilecto como filho (cf. Jo 19, 26). A partir de então gerações e gerações de crentes invocam-na e recorrem a Ela com amor e esperança. E Nossa Senhora exprime a sua maternidade "na sua singular proximidade ao homem e a todas as suas vicissitudes" (Redemptor hominis, 22).

Ah,  se  os  seres  humanos  sentissem  isto  como um  dom  extraordinário!  Sentir-se-iam  muito  mais facilmente  irmãos,  renunciando  ao  ódio  e  à  violência para abrir o coração ao perdão das ofensas recebidas e ao respeito sem reservas da dignidade de cada pessoa.

3. Daqui a alguns dias, a 13 de Maio, recordaremos a aparição da Virgem de Fátima e o seu apelo à conversão. Rezemos, caríssimos Irmãos e Irmãs, para que também os homens desta nossa época aceitem o premente convite daquela que vigia com amor sobre a Igreja e o mundo.


Saudações

Esta manhã teve lugar em Roma, partindo da Praça de São Pedro, a "Maratona de Primavera", no contexto da "Festa da escola", promovida pelas escolas católicas da Diocese. Iniciativas semelhantes tiveram lugar noutras cidades, sobretudo em Trento. Dirijo uma saudação cordial aos professores, aos alunos e aos familiares, e encorajo cada instituto escolar a prosseguir no precioso serviço à formação das novas gerações.

Infelizmente, muitas crianças no mundo são privadas da instrução primária, e acabam por ser exploradas como mão-de-obra. Isto será recordado pelo Congresso mundial contra a exploração do trabalho infantil, que será realizado nos próximos dias em Florença. Faço votos por que este encontro contribua para promover o reconhecimento efectivo dos direitos da infância.

Saúdo os peregrinos presentes, sobretudo os fiéis da paróquia de São João Evangelista de Empoli.

Celebra-se hoje o "Dia da Mãe". A Mãe de Jesus proteja e ampare todas as mães do mundo.

Saúdo cordialmente os peregrinos vindos da Polónia e todos os meus concidadãos. Uno-me de modo especial na oração aos participantes na procissão em honra de Santo Estanislau, de Wawel até Skalka. Confio Cracóvia, a nossa pátria e todos os polacos à protecção deste Padroeiro da Polónia.

 

© Copyright 2004 - Libreria Editrice Vaticana   

 

top