The Holy See
back up
Search
riga

JOÃO PAULO II

ANGELUS

27 de Fevereiro de 2005

 

Meditação do Santo Padre lida por D. Leonardo Sandri

É meio-dia, a hora do Angelus.
O Santo Padre não está connosco. Mas ele acompanha-nos da "Gemelli". Ele oferece as suas orações e os seus sofrimentos por nós e pelo mundo inteiro.

E nós, da "sua" Praça, unidos a ele com o nosso profundo afecto, rezamos com ele e por ele.
Agora, leio-vos a mensagem de Sua Santidade:

1. Caríssimos Irmãos e Irmãs, uma vez mais dirijo-me a vós da Policlínica "Agostino Gemelli".

Agradeço-vos com afecto e sinto-me espiritualmente próximo de todos vós. Penso em vós reunidos na Praça de São Pedro, individualmente e em grupos hoje presentes, e em todos aqueles que em todas as partes do mundo se interessam pela minha pessoa. Peço-vos que continueis a acompanhar-me, sobretudo com a vossa oração.

2. O clima penitencial da Quaresma, que estamos a viver, ajuda-nos a compreender melhor também o valor do sofrimento que, de um modo ou de outro, diz respeito a todos nós. É olhando para Cristo e seguindo-O com confiança paciente que conseguimos compreender que todas as formas humanas de dor encerram em si uma promessa divina de salvação e de alegria. Gostaria que esta mensagem de conforto e de esperança chegasse a todos, especialmente a quem atravessa momentos difíceis, àqueles que sofrem no corpo e no espírito.

3. A Maria, Mãe da Igreja, renovo a minha confiança: Totus tuus! Que em todos os momentos da vida Ela nos ajude a cumprir a vontade de Deus.

 

© Copyright 2005 - Libreria Editrice Vaticana

 

top