The Holy See
back up
Search
riga

ORDENAÇÃO EPISCOPAL DE DOM STANISLAW SZYMECKI
NOVO ARCEBISPO DE KIELCE, POLÓNIA

HOMILIA DO PAPA JOÃO PAULO II

Capela Sistina
Domingo, 12 de Abril de 1981

 

A Igreja sabe muito bem: Aquele que entra em Jeruralém, no meio dos gritos de hosana da população, vem para cumprir a vontade do Pai. Este domingo é o primeiro dia da semana comemorativa da Paixão e por isso também esta liturgia está cheia do conteúdo da Paixão.

Acolhe no profundo do teu coração a liturgia do domingo da tua consagração episcopal. Hoje imporei sobre ti as minhas mãos, juntamente com o Cardeal Rubin e os meus Irmãos no Episcopado, para introduzir-te no colégio episcopal da Igreja. Faço-o com alegria, faço-o com espírito de gratidão para com essa Igreja da qual provéns e para a qual estás destinado. De facto, cada sacerdote, vindo do povo, ao povo regressa segundo as palavras de São Paulo. Vens do laborioso povo da nossa Silésia e és sacerdote da Igreja de Katowice. No teu "curriculum" pessoal e sacerdotal, está escrito um longo capítulo acerca da tua permanência na França e das experiências com ela relacionadas. Ultimamente, realizavas na França um trabalho pastoral com os emigrados da Polónia. Todavia, antes, por muitos anos tinhas sido Reitor do Seminário da diocese de Katowice em Cracóvia. Desses anos temos recordações comuns. Agora estás destinado para a Igreja de Kielce a fim de seres Bispo e Pastor, depois da morte do, Bispo Jan Jaroszwicz, de venerável memória.

E, nesto ponto, de novo desejaria pôr em relevo o grande motivo de reconhecimento que se junta a este meu ministério na Ordenação episcopal do novo Bispo de Kielce, sucessor do falecido Bispo Jan. Tantos anos estivemos perto um do outro! Tantos anos nos uniu a comunidade da mesma metrópole cracoviense! Quantos encontros, quantas conversas, quantas preocupações e iniciativas pastorais! E se vamos ainda mais atrás no passado, aí estão séculos inteiros em que a hodierna diocese de Kielce pertenceu à antiga diocese de Cracóvia, indo para a Igreja que te confia o Espírito Santo, levarás para lá o Evangelho, esse Evangelho, que dentro em breve colocaremos aos teus ombros, para que lhe sintas o peso, assim como lhe conheces a doçura, a fim de este Evangelho se tornar para ti um peso agradável cada dia, uma fonte de sabedoria e inspiração de serviço. Anuncia-o ao povo, que te está esperando. Anuncia-o às famílias religiosas. Anuncia-o aos teus irmãos no sacerdócio. Conta-o a todos, porque é a Palavra de salvação eterna. Vais para essa Igreja, da qual o Espírito Santo te estabelece Bispo e Pastor, para exerceres nela o ministério , sacerdotal segundo o rito de Melquisedec, realizares o sacrifício de Cristo e te empenhares por que se complete em cada paróquia, em cada igreja, em cada reunião do povo de Deus, onde quer que o sacrifício de Cristo reúne o povo e abre os corações. E cria espaço para a acção do Espírito Santo nas almas do povo. Sê sacerdote da tua Igreja, celebra o santíssimo sacrifício, anima os teus irmãos no sacerdócio a completá-lo. Juntamente com eles e com todo o povo de Deus da Igreja de Kielce, pede novas vocações sacerdotais, para que, a todo este povo na terra da Polónia e a toda a Igreja, não falte nunca o serviço sacerdotal quotidiano dos servos do altar. Leva contigo o Evangelho da Paixão de Cristo que se torna a tua força, a tua sabedoria, como era força e sabedoria de São Paulo. Contando com isto, reforça a todos, apoia a todos e mantém a tua Igreja assim como a deixaram os teus predecessores, como o falecido Bispo Jan, à altura da Cruz de Cristo, que é sinal de salvação e de vitória. Vai construir na comunidade Igreja de Kielce o Reino de Cristo, Reino de Deus na Terra, Reino do Messias.

Em nome deste Reino, desejou Cristo fazer a Sua entrada os Jerusalém, E, na sua entrada, entre o povo que o circundava e entre as palavras de exultação, apresentava todos os traços da vinda do Messias. Este Reino não é deste mundo, neste mundo porém inculcou Ele — com a Sua Paixão e a Cruz, com a Sua morte e ressurreição — que tal Reino deve vir a nascer e chegar à maturidade nos povos e na gente de diversas gerações e diversas nações. Este Reino na terra da Polónia, na Igreja de Kielce, tem já a sua história ultramilenária. Entra na grande tradição desta Igreja e leva avante a obra dos teus predecessores; como Bispo e Pastor junto do povo e destinado para o povo. Cristo, que hoje entrou em Jerusalém, para lá cumprir a vontade do Pai, te ajude a cumprir a vontade do Pai. Cristo, que hoje entrou em Jerusalém, para lá realizar o mistério pascal da Sua morte e ressurreição, te permita irradiar com este mistério, durante toda a tua vida de Bispo, a vida da Igreja, da qual deves ser, a partir de hoje, servo à semelhança d'Aquele que veio para servir e à semelhança da Sua Mãe, que no momento de suprema exaltação se chamou "escrava do Senhor". Nos teus caminhos esteja Maria, Mãe de Cristo, para que o Reino de Cristo cresça e se reforce no povo de Deus da Igreja, à qual és chamado.

 

© Copyright 1981 - Libreria Editrice Vaticana

 

top