The Holy See
back up
Search
riga

CELEBRAÇÃO DO HINO DE "AKATHISTOS"
NA BASÍLICA DE SANTA MARIA MAIOR

HOMILIA DO PAPA JOÃO PAULO II

8 de Dezembro de 2000

 

1. Maria é "ícone da Igreja, símbolo e antecipação da humanidade transfigurada pela graça, modelo e esperança segura para todos aqueles que dirigem os seus passos para a Jerusalém do Céu" (Carta apostólica Orientale lumen, n. 6).

Caríssimos Irmãos e Irmãs! Eis-nos recolhidos na basílica que o povo romano, após o Concílio de Éfeso, dedicou com devoto fervor à santa Virgem Maria. Nesta tarde, a tradição litúrgica bizantina celebra as primeiras Vésperas da Conceição de Santa Ana, enquanto a liturgia latina presta o seu louvor à Imaculada Conceição da Mãe de Deus.

Exprimo o meu vivo agrado pela participação de uma coroa de irmãos e irmãs, que estão aqui connosco, nesta tarde, em representação das Igrejas orientais católicas. Dirijo a minha cordial saudação a todos os Bispos de rito bizantino presentes nesta basílica, juntamente com os seus fiéis.

2. Esta tarde estamos todos repletos de profunda alegria: a alegria de louvar Maria com o Hino "Akathistos", tão querido à tradição oriental. É um cântico todo centrado em Cristo, contemplado à luz da sua Virgem Mãe. Por 144 vezes ele convida-nos a renovar a Maria a saudação do Arcanjo Gabriel: Ave Maria! Repercorremos as etapas da sua existência e louvamos os prodígios realizados nela pelo Omnipotente: desde a concepção virginal, início e princípio da nova criação, até à sua maternidade divina, à partilha da missão do seu Filho, sobretudo nos momentos da sua paixão, morte e ressurreição. Mãe do Senhor ressuscitado e Mãe da Igreja, Maria precede-nos e guia-nos ao conhecimento autêntico de Deus e ao encontro com o Redentor. Ela indica-nos o caminho e mostra-nos o seu Filho. Ao celebrá-la com alegria e gratidão, honramos a santidade de Deus, cuja misericórdia fez maravilhas na sua humilde serva. Saudámo-la com o título de Cheia de graça e imploramos a sua intercessão por todos os filhos da Igreja que, com este Hino Akathistos, celebra a sua glória.

Que ela nos guie à contemplação, no próximo Natal, do mistério de Deus feito homem para nossa salvação!

 

 

© Copyright 2000 - Libreria Editrice Vaticana

 

top