The Holy See
back up
Search
riga

SANTA MISSA PARA OS ESTUDANTES UNIVERSITÁRIOS ROMANOS
EM PREPARAÇÃO PARA O SANTO NATAL

HOMILIA DO PAPA JOÃO PAULO II

Quinta-feira, 11 de Dezembro de 2003

1. "Nada temas, eu venho em teu auxílio" (Is 41, 13). A promessa de Deus, à qual o Profeta faz eco, encontrou plena actuação no nascimento de Jesus em Belém. N'Ele Deus fez-se um de nós! Eis por que não devemos temer. O tempo do Advento, que estamos a viver, exorta-nos à esperança.

Caríssimos Irmãos e Irmãs, o encontro de hoje situa-se neste clima de expectativa confiante da vinda de Cristo. Saúdo todos vós com afecto. Saúdo em primeiro lugar a vós, ilustres reitores, professores e estudantes das Universidades romanas. Dirijo um pensamento especial ao Ministro para a Instrução, a Universidade e a Investigação, Letizia Moratti. Saúdo os Capelães das Universidades e as Delegações nacionais de pastoral universitária.

Agradeço ao Presidente da Conferência dos Reitores das Universidades Italianas e à representante dos estudantes, que quiseram fazer-se intérpretes dos sentimentos de todos.

2. "Transformarei... a terra árida em arroios de água" (Is 41, 18). Esta é a grande promessa feita por Deus aos miseráveis e aos pobres que, como afirma o Profeta, "buscam água...", porque "a sua língua está ressequida pela sede" (Is 41, 17). A sua sede remete para o anseio fervoroso de verdade, de justiça e de paz, presente no coração de cada homem.

Com efeito, as aspirações humanas mais profundas encontram unicamente em Deus a resposta total. Por isso vos encorajo, caríssimos, a fazer com que o vosso percurso formativo seja incessantemente sustentado pela busca de Deus. Não vos detendes diante das dúvidas e das dificuldades. Deus, garante o Profeta, "toma-te pela mão" (Is 41, 13), está ao vosso lado. A sua companhia confortadora fará com que sejais mais conscientes da missão que estais chamados a desempenhar no âmbito universitário.

3. Muitos de vós participastes nestes dias no congresso, que dedicou a sua atenção ao processo de integração europeia. Também vós, que fazeis parte do mundo universitário, deveis oferecer o vosso contributo a este processo. Para a unidade da Europa assumem grande importância as estruturas sociais, políticas e económicas, mas não devem ser absolutamente descuidados os aspectos humanísticos e espirituais. É indispensável que a Europa de hoje salvaguarde o seu património de valores, e reconheça que foi sobretudo o cristianismo a força capaz de os promover, conciliar e consolidar.

4. O Natal constitui a ocasião privilegiada para realçar um dos valores cristãos mais sentidos. Com o nascimento de Jesus, na simplicidade e na pobreza de Belém, Deus deu de novo a dignidade à existência de cada ser humano; ofereceu a todos a possibilidade de participar na sua própria vida divina. Possa este dom incomensurável encontrar sempre corações prontos a recebê-lo!

Confio à intercessão materna de Maria estes meus votos e desejos. Que ela proteja cada um de vós, as vossas famílias e as comunidades académicas às quais pertenceis. Bom Advento e feliz Natal!

 

 

© Copyright 2003 - Libreria Editrice Vaticana

 

top