The Holy See
back up
Search
riga

CELEBRAÇÃO DAS PRIMEIRAS VÉSPERAS
DA SOLENIDADE DE PENTECOSTES

HOMILIA DO PAPA JOÃO PAULO II

Sábado, 29 de Maio de 2004

 

1. Veni, creator Spiritus!

De todas as partes da Igreja se eleva unânime, na Solenidade de Pentecostes, este cântico: Veni, creator Spiritus! O Corpo místico de Cristo, espalhado em toda a terra, invoca o Espírito do qual tira a vida, o Sopro vital que anima o seu ser e o seu agir.

As antífonas dos Salmos recordaram-nos há pouco qual foi a experiência dos discípulos no Cenáculo: "Ao cumprir-se o Pentecostes, cinquenta dias depois da Páscoa, estavam todos reunidos" (1ª ant.); "Línguas de fogo sobre cada um dos Apóstolos: o Espírito de Deus aparecia no mundo" (2ª ant.).

Revivemos aquela mesma experiência espiritual também nós, reunidos nesta Praça, que se tornou um grande Cenáculo. E como nós, numerosas comunidades diocesanas e paroquiais, associações, movimentos e grupos em todas as partes do mundo elevam ao Céu a comum invocação: Vinde, Espírito Santo!

2. Saúdo os Senhores Cardeais e os outros Prelados e sacerdotes presentes. Saúdo todos vós, caríssimos Irmãos e Irmãs, que quisestes participar nesta sugestiva Celebração.

Envio agora o meu pensamento aos numerosos jovens que estão unidos a nós, de Lednica, na Polónia, através da rádio e da televisão.

Dirijo da Praça de São Pedro a minha cordial saudação aos jovens reunidos na vigília de oração em Lednica. Rezo convosco, queridos amigos, pelo dom do Espírito Santo. O Consolador, o Espírito de verdade, vos cumule do amor de Cristo, ao qual confiais o vosso futuro. Abençoo-vos de coração.

3. Saúdo de maneira especial os membros da Renovação no Espírito, uma das várias expressões da grande família do movimento carismático católico. Graças ao movimento carismático tantos cristãos, homens e mulheres, jovens e adultos, redescobriram o Pentecostes como realidade viva e presente na sua existência quotidiana. Faço votos por que a espiritualidade de Pentecostes se difunda na Igreja, como renovado impulso de oração, de santidade, de comunhão e de anúncio.

A respeito disto, encorajo a iniciativa denominada "Roveto Ardente", promovida pela Renovação no Espírito. Trata-se de uma adoração incessante, de dia e de noite, diante do Santíssimo Sacramento; um convite aos fiéis a "voltar ao Cenáculo" para que, unidos na contemplação do Mistério eucarístico, intercedam pela plena unidade dos cristãos e pela conversão dos pecadores. Faço votos de coração por que esta iniciativa conduza muitos a redescobrir os dons do Espírito, que têm no Pentecostes a sua nascente.

4. Caríssimos Irmãos e Irmãs! A celebração desta tarde traz à minha mente o memorável encontro com os movimentos eclesiais e com as novas comunidades da vigília de Pentecostes de há seis anos. Foi uma epifania extraordinária da unidade da Igreja, na riqueza e variedade dos carismas, que o Espírito Santo concede em abundância. Repito agora com vigor quanto fiz notar naquela ocasião: os movimentos eclesiais e as novas comunidades são uma "resposta providencial", "suscitada pelo Espírito Santo", à actual exigência da nova evangelização, para a qual são necessárias "personalidades cristãs maduras" e "comunidades cristãs vivas" (cf. Insegnamenti XXI, 1 [1998], pág. 1123).

Por isso, digo também a vós: "Abri-vos com docilidade aos dons do Espírito! Acolhei com gratidão e obediência os carismas que o Espírito não deixa de conceder! Não esqueçais que cada carisma é concedido para o bem comum, ou seja, em benefício de toda a Igreja!" (ibid., pág. 1122).

5. Veni, Sancte Spiritus!

No meio de nós, com as mãos levantadas, está a Virgem orante, Mãe de Cristo e da Igreja.
Juntamente com Ela, imploramos e acolhemos o dom do Espírito Santo, luz de verdade, força de paz autêntica. Fazemo-lo com as palavras da antífona ao Magnificat, que daqui a pouco cantaremos:

Vinde, Espírito Santo, / enche os corações dos teus fiéis, / e acende neles o fogo do teu amor: / tu, que na veriedade das línguas humanas / reúnes os povos na única fé, aleluia".
Sancte Spiritus, veni!

© Copyright 2004 - Libreria Editrice Vaticana

 

top