The Holy See
back up
Search
riga

SANTA MISSA E PROCISSÃO EUCARÍSTICA
NA SOLENIDADE DO "CORPUS CHRISTI"

HOMILIA DO PAPA JOÃO PAULO II

Quinta-feira, 10 de Junho de 2004

 

1. "Todas as vezes que comerdes deste pão e beberdes deste cálice, anunciais a morte do Senhor, até que Ele venha" (1 Cor 11, 26).

Com estas palavras, São Paulo recorda aos cristãos de Corinto que a "ceia do Senhor" não é apenas um encontro de convívio, mas também e sobretudo o memorial do sacrifício redentor de Cristo. Quem nele participa explica o Apóstolo une-se ao mistério da morte do Senhor, aliás, faz-se "anunciador" da mesma.

Portanto, existe um relacionamento muito estreito entre o "fazer a Eucaristia" e "o anunciar Cristo". Entrar em comunhão com Ele, no memorial da Pascoa, significa ao mesmo tempo tornar-se missionário do evento que tal rito actualiza; num certo sentido, significa torná-lo contemporâneo de todas as épocas, até que o Senhor volte.

2. Caríssimos Irmãos e Irmãs, revivemos esta maravilhosa realidade na hodierna solenidade do Corpus Christi, em que a Igreja não apenas celebra a Eucaristia, mas também a leva de forma solene em procissão, anunciando publicamente que o Sacrifício de Cristo é para a salvação do mundo inteiro.

Reconhecido por este dom imenso, ela reúne-se em redor do Santíssimo Sacramento, porque ali estão a fonte e o ápice do próprio ser e agir. Ecclesia de Eucharistia vivit! A Igreja vive da Eucaristia e sabe que esta verdade não exprime apenas uma experiência quotidiana de fé, mas encerra de modo sintético o núcleo do mistério que ela mesma é (cf. Carta Encíclica Ecclesia de Eucharistia, 1).

3. Desde que, com o Pentecostes, o Povo da Nova Aliança "iniciou a sua peregrinação para a pátria celeste, este sacramento divino foi ritmando os seus dias, enchendo-os de consoladora esperança" (Ibidem). Pensando precisamente nisto, desejei dedicar à Eucaristia a primeira Encíclica do novo milénio, e agora sinto-me feliz por anunciar um especial Ano da Eucaristia. Ele terá início com o Congresso Eucarístico Internacional, programado para os dias 10-17 de Outubro de 2004 em Guadalajara (México, e e será encerrado com a próxima Assembleia Ordinária do Sínodo dos Bispos, que terá lugar no Vaticano de 2 a 29 de Outubro de 2005, subordinado ao tema: "A Eucaristia, fonte e ápice da vida e da missão da Igreja".

Mediante a Eucaristia, a Comunidade eclesial é edificada como nova Jerusalém, princípio de unidade em Cristo entre diversas pessoas e povos.

4. "Dai-lhes vós mesmos de comer" (Lc 9, 13).

A página evangélica que acabámos de escutar oferece uma imagem eficaz do vínculo íntimo que existe entre a Eucaristia e esta missão universal da Igreja. Cristo, "pão vivo que desceu do Céu" (Jo 6, 51; cf. Aclamação ao Evangelho), é o único que pode saciar a fome do homem de todos os tempos e em todas as regiões da terra.

Porém, ele não quer fazê-lo sozinho, e assim, como na multiplicação dos pães, envolve também os discípulos: "Jesus tomou os cinco pães e os dois peixes, ergueu os olhos ao céu, pronunciou sobre eles a bênção, partiu-os deu-os aos discípulos para que os distribuíssem à multidão" (Lc 9, 16).

Este sinal milagroso é figura do maior mistério de amor que se renova cada dia na Santa Missa: mediante os ministros ordenados, Cristo dá o seu Corpo e o seu Sangue pela vida da humanidade. E quantos se nutrem dignamente à sua Mesa, tornam-se instrumentos vivos da sua presença de amor, de misericórdia e de paz.

5. "Lauda, Sion, Salvatorem...! Sião, louva o Salvador / o teu guia, o teu pastor / com hinos e cânticos".

Com íntima emoção, ouvimos ressoar no coração este convite ao louvor e à alegria. No final da Santa Missa, levaremos processionalmente o divino Sacramento até à Basílica de Santa Maria Maior. Contemplando Maria, compreenderemos melhor a força transformadora que a Eucaristia possui. Colocando-nos à escuta dela, encontraremos no mistério eucarístico a coragem e o vigor para seguir Cristo Bom Pastor e para O servir nos irmãos.

© Copyright 2004 - Libreria Editrice Vaticana

 

top