The Holy See
back up
Search
riga

MENSAGEM DO SANTO PADRE
AO PRIOR DA COMUNIDADE DE TAIZÉ
POR OCASIÃO DO 22° ENCONTRO
DOS JOVENS EM VARSÓVIA

 

Ao Irmão ROGER
Prior da Comunidade de Taizé

"Como é bom, viverem os irmãos em unidade" (Sl 133, 1).

A Comunidade de Taizé escolheu Varsóvia como nova etapa da sua "peregrinação de confiança sobre a terra", de 28 de Dezembro de 1999 a 1 de Janeiro de 2000. Nesta ocasião, sinto-me feliz de vos acompanhar com a minha fervorosa oração e de saudar com muito afecto todos os jovens reunidos na Polónia, desejando vivamente que este 22º encontro europeu seja um tempo privilegiado de acolhimento mútuo e fraternidade, de oração e contemplação, que conduza a uma sempre maior conversão a Deus e aos outros.

A peregrinação é uma marcha comum com os irmãos; deste modo, neste ano jubilar há pouco iniciado, encorajo os participantes a fazerem do lugar do seu encontro aquilo que a Escritura nos diz a respeito de Jerusalém, a Cidade Santa rumo à qual todos os povos são convidados a caminhar:  um lugar de alegria e de acção de graças onde se tem consciência de que Deus está presente e onde convém estar sob o seu olhar com confiança filial, inteiramente disposto a fazer a sua vontade; um lugar onde se tem sempre maior consciência de que Deus é um Pai amabilíssimo e misericordioso, que faz da humanidade uma única família!

Dado que muitos dos nossos contemporâneos estão profundamente marcados pela violência, pelo temor do amanhã ou por uma interrogação angustiada sobre o futuro da vida, os cristãos devem mais do nunca ser testemunhas ardentes e vigorosas da esperança por eles vivida. Que os jovens não tenham medo de se deixar atrair por Cristo e de encontrar na sua palavra o dinamismo, que os ajudará a construir a própria vida interior e os levará para o encontro com os seus irmãos, a fim de construírem com eles um mundo novo fundado sobre o amor mútuo e o perdão! A cada um deles, digo com vigor:  lá onde viveis, nas vossas famílias, escolas, lugares de trabalho ou de lazer, sede sempre servidores do Evangelho da esperança!

Caros amigos, de modo particular vós que sois afligidos pelas feridas da vida, estai certos de que Cristo se encontra perto dos corações simples e chama cada um à verdadeira felicidade; pela vossa existência proclamai que é importante sentir-se amado e reconhecido pelo que se é, e que toda a pessoa é sempre um irmão, uma irmã a acolher e a amar! No limiar do Grande Jubileu do Ano 2000, tende a coragem de decidir seguir Cristo, de confiar n'Ele até ao fim e de ser os mensageiros do seu amor!

"Paz aos homens de boa vontade":  há 2000 anos, uma luz elevou-se sobre o mundo. Hoje, o próprio Jesus vos pede que acendais um fogo sobre a terra, o fogo da sua caridade. Uma vez acesa, a caridade não pode deter-se no caminho, ela deve estender-se, brilhar e propagar o seu calor! Não tenhais medo, o Espírito do Senhor precede-vos e acompanha-vos no itinerário quotidiano; Ele é o vosso guia e a vossa luz!

Ao invocar sobre cada um a intercessão de Nossa Senhora de Jasna Góra, peço a Deus que derrame com abundância as Bênçãos sobre a sua pessoa, caro Irmão, sobre a Comunidade de Taizé e os organizadores deste encontro, sobre todos os jovens presentes em Varsóvia e sobre as paróquias e as famílias que os acolhem.

Vaticano, 30 de Novembro de 1999.

JOÃO PAULO PP. II

 

 

 

 © Copyright 1999 - Libreria Editrice Vaticana

top