The Holy See
back up
Search
riga

MENSAGEM DO SANTO PADRE JOÃO PAULO II
POR OCASIÃO DO ENCERRAMENTO DO
 CONGRESSO EUCARÍSTICO NACIONAL
 DE LIMA (PERU)

       


Aos queridos filhos e filhas do Peru!

1. Ao concluir-se o Congresso Eucarístico Nacional desejo enviar uma cordial saudação a todos vós que vivestes intensamente a presença constante de Cristo entre os seus discípulos. Durante estes dias vivestes profundamente este admirável mistério, do qual vive a Igreja e reflectistes sobre a sua inexaurível riqueza para a vocação à santidade de cada cristão, para o crescimento em comunhão fraterna e solidariedade das comunidades eclesiais, e para a acção evangelizadora de todos os sectores da existência pessoal e social.

Eu quis mostrar a minha proximidade de vós e a minha participação espiritual nesse importante acontecimento, mediante o meu Enviado especial, o Cardeal Bernard Francis Law. Moveu-me a isto, não só o particular afecto pelos filhos e filhas do Peru, mas também a certeza de que a aproximação sincera à Eucaristia será o pilar mais firme para um renovado impulso para a fé nesse País e um renascer vigoroso da esperança, nos momentos em que não faltam dificuldades que podem fazer esmorecer a sua vitalidade.

2. Com efeito, como diz o lema do Congresso, Jesus Cristo, único salvador do mundo, é alimento para uma vida nova. Uma vida que nasce da intimidade de Deus e que chega à humanidade pelo sacrifício de Jesus, que permanece connosco "todos os dias até ao fim do mundo" (Mt 28, 20), de maneira especial na Eucaristia. Em torno dela reúne-se a comunidade cristã para renovar sacramentalmente o sacrifício de Cristo e assim cumular de dinamismo, com a eficácia da graça, todos os membros do seu corpo místico. Nela, além disso, aprende imediatamente o segredo da vida verdadeira que, por ser a própria vida de Deus, não perde vigor nem se extingue:  é a que Cristo entrega livremente para a salvação de todos, sem que ninguém lha possa tirar (cf. Jo 10, 18), aquela que sabe sacrificar-se para dar muito fruto (cf. Jo 10, 24).

Por isso, ao celebrar a Eucaristia, a comunidade cristã une a liturgia e a caridade, a comemoração do sacrifício de Cristo e o compromisso de imitar o seu amor sem limites. Nós, que "sabemos que passámos da morte para a vida, porque amamos os irmãos" (1 Jo 3, 14), encontramos em Jesus Sacramentado a "fonte de água que brota para a vida eterna" (Jo 4, 14), a generosidade para partilhar os bens com os irmãos e o vigor para levar o Evangelho a cada recanto da terra e o impulso necessário para construir, dia após dia, apesar das dificuldades, a civilização do amor.

3. Peço a Nossa Senhora da Evangelização que este Congresso Eucarístico Nacional produza abundantes frutos de renovação espiritual, eclesial e social, fazendo chegar a toda a sociedade peruana a semente de uma vida nova, mediante o testemunho e a acção evangelizadora dos Pastores e fiéis, das famílias, dos grupos e organizações eclesiais, vivificados, eles mesmos, pelo Corpo e Sangue de Cristo.

E a vós, que participastes durante estes dias numa experiência cristã e jubilosa de encontro com Cristo num clima de profunda comunhão eclesial, levai-a às vossas aldeias e cidades, às vossas paróquias e famílias, juntamente com a Bênção Apostólica que vos concedo de todo o coração.


Castel Gandolfo, 8 de Agosto de 2000.

 

 

top